Palavras

by - 22:18

Imagem: 'words', por ~kefirux




As palavras lhe escondem e revelam ao mesmo tempo. Ajudam a aliviar a indecisão e confusão de sua mente na busca incessante para se encontrar em seus sentimentos confusos. Entre linhas ela se perde e se encontra. São pinturas, retratos dos momentos da sua vida. Fragmentos estilhaçados de suas visões.

Algumas delas saem com tons acinzentados, mais monocromáticos. Outras são coloridos, tons de vermelho que se misturam formando um vitral. A força das palavras marca o compasso do dia-a-dia. Cortam, machucam, mas também afagam quando revelam as entranhas de seu coração.

Revolta e tristeza em algumas, dedicatórias em outras. Às vezes gostaria de entregar-lhes a alguém especial e mostrar a importância dessa pessoa, mas nem sempre o faz. Em alguns momentos nem chegam a surgir tais palavras e elas sobrevivem na imensidão de seus pensamentos. Gostaria de dizer que ama, que se importa, se preocupa... Qual seria a reação diante delas? Tem medo de perder.

Letras, ponto, vírgula, reticências... Frases, textos completos. Ficam guardados em um cantinho especial, todas escritas com letrinhas redondas, cuidadosamente desenhadas e escolhidas à espera de que um dia se mostrem. Por enquanto, elas são seu melhor refúgio.





"Palavra
Tenho que escolher a mais bonita
Para poder dizer coisas do coração
Da letra e de quem lê
Toda palavra escrita, rabiscada
No joelho, guardanapo, chão
Ponto, pula linha, travessão..."
('Palavra' - O Teatro Mágico)

Você também pode gostar

7 comentários

  1. ser gente me arranha. quero voltar a ser palavra"" [v. mosé]

    o começo de tudo.

    beijos meus


    ^^

    ResponderExcluir
  2. Luuuuuu!!!

    As veze parece que meus sentimentos querem brincar de formar palavras, e eu fico que nem uma barata tonta tentando formá-las, descodificá-las.
    Mas são as palvras que nos traduzem, por isso a buscamos incessantemente.

    Uma ótima reflexão.

    Beijocas sabonetinha.

    ResponderExcluir
  3. O poder delas é maior que se possa imaginar. Ou não... Há quem diga, e sinta que o silêncio fira mais que mil palavras ofensivas. Enfim, o céu e o inferno.

    ResponderExcluir
  4. Oi Lucy,

    muito legal a comparação feita entre palavras e cores. É verdade que podemos dar tonalidades diferente de acordo com as letras escolhidas. Tão doido! Parece até que se faz mágica. Por falar em mágica, Teatro Mágico vem sempre com a sensibilidade necessária pra se dizer sobre um assunto. Boa escolha. Ótimo texto.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Ah um pedaço de minha alma em todos os Riscos e rabiscos que ja fiz, em todas as letras que levantei sobre mim...

    Otimo texto moça ;D
    Grande Beijo e um Abraço! Apertado!

    ResponderExcluir
  6. Lux Top Amada
    Lembrei exatamente da música que colocou abaixo do seu texto. (Tenho ela em meu blog de tanto que gosto)

    Me lembrou também do ultimo capitulo de 'A menina que roubava livros', quando Liesel descreve a força que as palavras têm.

    Tão vermelho te ler. Adoro.

    BeijO

    ResponderExcluir
  7. ...o que é a palavra, esse algo que nos fascina e nos atormenta? esse teu texto propõe questões muito interessantes a se pensar, como o poder que temos quando manuseamos a palavra. Particularmente, encaro a palavra como arma, no sentido de ser aquilo que me possibilita continuar existindo, a própria vida como ficção...

    um bju do alex...

    ResponderExcluir