It's me!

31. Recifense.
Canceriana com ascendente em sagitário.
Psicóloga no RH. Viciada em café.
Mãe do Francisco, do Joaquim e do Oscar.

Luciana

What Read Next

A queda

Imagem: Forever Falling by Chelloveck

A queda

Fragmentos espalhados
E o chão todo repleto
De pequenas partes de mim
Que surgiram depois da queda

Todos os sentimentos
Agora estão voltados ao chão
Partidos e pisados
E eu sem nenhuma visão

As lágrimas descem pelo meu rosto
São só água lavando a pele
Resta somente…

Do interior de si mesma

“Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar…
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.”


Estava sentada na varanda de seu apartamento. Décimo segundo andar. O vento frio da noite tocava-lhe o rosto como uma pluma. Ela estava calma e era toda pensamentos e sentimentos. Um pequeno emaran…

Novas idéias...

Novas idéias, novos rumos, e a mesma vontade de continuar...


As mudanças movem o mundo e sem elas, muitas vezes torna-se difícil prosseguir a caminhada. Podem ser grandes ou pequenas, elas ampliam conhecimentos, nos mostram sentimentos e são, muitas vezes, resultado do nosso auto-conhecimento.

O come…

Resto

Resto

Com raivagrito ao mundo
Toda dor que sinto por dentro
Palavras não conseguem fluir
As coisas que jogo ao vento

A chuva não vêm
Nada lava minha alma
O solaparece e tem
A força de me fazer queimar

Muita coisa se perdeu
Pouca coisa aqui ficou
De tudo visto antes
Agora a dor restou


- Luciana Brito -

Doug

Doug


Vento que se faz
Tempestade que traz
Repleto de sentimentos
Ser em constante crescimento

Sincero, amigo eterno
Divertido, amigo contido

Do mais que fica
Constante presença
Amizade intensa
Responsável por tudo acima
Incrível rapaz que lhes apresento
Seu nome marcado está
Como pedra cravada no mar.


- Luciana …

Sentido perto do coração...

Despertou às duas da madrugada. Banhava-se em seu próprio suor e tinha a certeza de que acontecera novamente. Um deja vu, o mesmo pesadelo de sempre e a mesma sensação de desamparo.



Assegurou-se de tudo à sua volta. Tudo que viu foram cortinas brancas esvoaçantes por causa do ve…

Freneticamente bailarina

Freneticamente bailarina


O teatro da vida segue
Seu incessante fluxo finito
O espetáculo não pode parar
E cada momento invade o espírito

A bailarina entra em seu ritmo
Dança sob pés altivos
Cuidadosamente equilibrista
Na linha metálica vermelha como sangue

Ela não pode parar
Não tem controle sobre si própria

Liberdade

Imagem: cena do filme "Abril Despedaçado"

- A gente é que nem os boi, roda, roda e num sai do lugar.

Foi o que disse o Menino ao seu irmão Tonho. Todos os dias na mesma labuta sofrida, mesmavida seca, árida como o sertão, porém poética como versos que saem do fundo d'alma.

Um artista de…

Debaixo da árvore

Lembra daquele campo por onde caminhamos um dia em nossos sonhos?
Você estava tão linda naquele vestido. Lembra? Um azul tão lindo. Você fica mais jovem com ele e eu adoro ver suas pernas à mostra quando usa vestido. Não fique com vergonha, você é linda e sempre falo isso.

Hoje ouvi uma música e lemb…

Amigos

Amigos


Ao longo do tempo
Conversas se fazem
Diferentes, envolventes, belamente
O sentimento se constrói
E cá estamos nós

Amigos
Sem segredos
Eternos, re-conhecidos e engrandecidos
A distância nos separa
A amizade nos une

Estão sempre presentes
Nunca esquecidos
Sumidos e aparecidos
Todos estão aquecidos
Cá dentro …

Perdendo esperanças

No descanso da noite, a insônia aparece e os pensamentos congestionam sua cabeça.
O silêncio nebuloso é rasgado por melodias e os versos surgem como lamentos atirados nas calçadas conturbadas da cidade que não pára.

Uma pergunta lhe incomoda:
- O que fazer com alguém que está perdendo as esperanças?

Co…

E chegou 2009...

E chegou 2009...
Acabou mais um ano e começou mais outro enormemente esperado (como todos os outros quando estão para chegar). 2009 começa e com ele se iniciam as promessas, as "revisões" do que foi feito ou não em 2008 e que pode (ou não) ser realizado nesse novo ano. Sempre as mesmas coi…

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *