Andei lendo: parte dois

20 de setembro de 2013 //


Conforme o prometido na parte um desta série, cá estou eu para falar sobre os outros livros que li e que, por alguma força maior acabaram não ganhando resenha por aqui. Falei que havia lido 6 livros, mas como demorei muito e talicoisa, esse número cresceu e eu dei uma adequada na proposta: vou falar de quatro livros hoje e deixei um para depois - Alta Fidelidade -, pois gostei tanto dele, que o bichinho merece um post só dele. Enfim...

Dos quatro livros que li, dois foram presente das amigas lindas e dois foram ganhos em promoções literárias. O primeiro que li foi Saudade em Preto e Branco, da fofíssima Maria Fernanda. O livro foi lançado esse ano e eu acompanhei o processo " de perto". Ao ler, fiquei cheia de saudade e ao mesmo tempo fui invadida por uma certa tristeza por imaginar todo o contexto do livro, que reúne alguns textos que a Fê publicou no seu blog e foram dedicados a um grande amigo que faleceu. O livro é amor do início ao fim e deixa você com vontade de ter um amigo como o Dan.

Depois de ficar com depressão pós-livro, pensei em ler algo divertido e por isso optei por Por isso a gente acabou. A questão é que o livro não é tão divertido assim, mas tem amor, o que dá na mesma. O livro é narrado por Min, uma garota que reúne várias lembranças do seu namoro e coloca todas em uma caixa, que será deixada na porta do seu ex-namorado. Ao longo da história, ela escreve uma carta para o seu ex-namorado, e é através da escrita que vamos sabendo toda a história do namoro. Algumas cenas são delicadas e outras bem toscas, mas o livro inteiro é uma expressão de amor e de como algumas incompatibilidades podem ruir um relacionamento (além de outros detalhes, mas que são spoiler e não vou contar). Só não dei cinco estrelas por motivos de... bem, não lembro o motivo.

O outro livro da lista foi um presente amor da lindafofadoce Ana Flávia. Ela me deu um exemplar de O Pequeno Príncipe, livro que pasmem, eu nunca havia lido. A leitura foi rápida, afinal de contas, o livro é minúsculo e cheio de ilustrações, mas também foi amor. Finalmente pude tirar as minhas próprias conclusões sobre a devoção das pessoas sobre o livro. Ele é bonito, passa mensagens ótimas, mas não vi motivo para tanto amor. E achei incrível ele ser um livro infantil. Como pode?! Não sei se as crianças entendem direito a história, mas tudo bem. Gostei, dei quatro estrelas justamente por não conseguir me encantar tanto assim com a história.

E o último foi o viajado O Oceano no Fim do Caminho, do Neil Gaiman. Nunca havia lido nada do autor, então dar de cara com uma história com monstros e uma sacada sobrenatural foi meio impactante. Acho que além de A Guerra dos Tronos, nunca li algo de fantasia, então não tenho tanto costume. O livro é legal, a história é bem amarrada e os personagens são interessantes, de fato. Resumidamente, o enredo fala sobre um homem que volta ao local onde cresceu e lá começa a relembrar fatos da sua infância que influenciaram no seu modo de ser atual. Ok, tudo lindo até aí. Mas de um modo geral, achei que ficou faltando uma amarração para a parte em que ele volta ao local, pois ele foi a um funeral que não sabemos de quem é (achei isso uma furada) e o final me pareceu corrido, do tipo tenhoqueterminaredizercomoeleestáhoje,masnãotenhopáginassuficientes. Sacaram? Foi o que me pareceu, que me desculpem os fãs. Ganhou quatro estrelas também, só por causa disso. HUMF!

Pois bem, é isso. Com esse post, fecho a lista de livros não resenhados e posso voltar ao esquema das minhas resenhas. Vou tentar falar de Alta Fidelidade, como já disse, mas quem quiser, tem resenha dele mais bonitinha lá na Revista 21.

6 comentários:

  1. Ainda bem que gostou do presente como um todo e não como quatro estrelas Lulu.
    Quase que meu coração para achando que dei o presente errado. :/

    Espero que loguinho receba mais mimos!
    Um beijos meu, Nana

    ResponderExcluir
  2. O livro da Fê, que lindo.

    E quando leremos uma obra sua Lu? Tô no aguardo ansioso. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vixe, nem penso em escrever livros, viu? hahaha

      Excluir
  3. Oi Lu, eu quero muio ler o livro da Fernanda e também o do Alexandre Lucio *-*

    ResponderExcluir
  4. Belas descrições. Eu sinceramente não sei se seria uma pessoa boa para fazer resenhas. Felizmente, existem pessoas que fazem isso com propriedade!

    ResponderExcluir
  5. Li O Pequeno Príncipe na adolescência e gostaria muito de fazer uma releitura, pois não me lembro de muita coisa. Além disso, minha visão naquela época era outra né? Queria ver o que acharia atualmente, com a cabeça que tenho hoje.
    Eu achei legal O Oceano, tb foi meu primeiro livro do Gail, mas não consegui me envolver muito. Achei que ficou faltando uma explicação melhor sobre os fatos acontecidos, quem eram, que "realidade" era aquela, sabe? É necessário algo assim quando a fantasia se mistura com a realidade.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir