Lado B

by - 20:09



Sou chata. Gosto das coisas feitas do meu jeito e geralmente sou arrogante quando não consigo fazer assim. Vivo com raiva. Me estresso fácil e desconto minhas agonias em qualquer pessoa que aparecer na minha frente. Eu falo alto e a tendência é falar cada vez mais alto quando em uma discussão. Brigo com facilidade. Não levo desaforo para casa. Não sou simpática com todo mundo e às vezes não gosto de alguém só ao olhar para ela.

Sou detalhista. Não gosto de emprestar meus livros e quando os leio, sublinho o que acho importante utilizando uma régua e marca texto, o traço tem que ser reto. Tenho ciúme de todas as minhas coisas. Gosto de ficar sozinha de vez em quando e tenho tendências ao isolamento e ao mutismo. Choro muito, falo pouco. Tenho um Superego rígido, um Id que quando se solta faz estranho e um Ego sobrecarregado, coitado.

Sou viciada em internet. Gosto de filmes e séries legendados. Me impressiono fácil com cenas de morte, casais desfeitos ou amores não correspondidos. Tenho medos estranhos, inseguranças enormes e um pessimismo que chega a ser maior do que os meus próprios 1,70m. Sou dependente e às vezes só funciono com aquele tapa nas costas. Sou extremista, ou fico feliz demais ou triste demais. Sou cheia de defeitos, manias estranhas e completamente imperfeita mas, ainda assim, sou obrigada a me aceitar diariamente. É a vida.


Imagem: daqui.

Você também pode gostar

17 comentários

  1. tudo que completa!

    te amo pequena!

    ResponderExcluir
  2. Te achei ainda mais interessante e mais de "verdade" do que eu já achava. Adorei ler esse post!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Todos nós temos que nos aguentar, a melhor parte disso é que sempre se pode mudar- quando se quer mudar. Defeito é bom, é como um identificador de amor; aqueles que te amarem verdadeiramente saberão aceitá-los.
    E por quê gostar das coisas feitas do seu jeito é um defeito? hahá, você já pensou que ninguém faz aquilo da maneira certa, só você? Isso é sua qualidade querida.

    Beijos Luciana :*

    ResponderExcluir
  4. TÔ Passada até agora, muito bom texto, arrasou, me identifiquei muito, Parabéns!
    bjus*:)

    ResponderExcluir
  5. .

    Nossa, Lu!!!

    Eu poderia ter escrito isso me definindo.(Exceto o pessimismo)
    Só não digo que fui eu porque não escrevo nem uma linha. rsrs

    Fico encantada com teus escritos.

    Beijosss

    .
    .

    ResponderExcluir
  6. .

    Lu, sempre esqueço de comentar...

    Eu te disse que ia fazer o tumblr e fiz, só que não gostei, daí, excluí no mesmo dia.

    Tô com vontade de fazer novamente.


    Fui ver o seu hoje. Tá lindo!


    Te abraço forte!

    .
    .

    ResponderExcluir
  7. 90% das coisas que disse sobre você são extremamente parecidas comigo. Estranho não ?

    Nós temos lado A e lado B, e isso que nos torna interessantes...


    beijo menina *;

    ResponderExcluir
  8. é difícil comentar em cima de um texto auto--biográfico-explicativo-de-si-mesmo, mas mesmo assim vou tentar. Você sabe que e te admiro e que você é uma das pessoas mais legais que eu conheci na internet. Sabe que eu acho que você escreve super bem, aliás, super bem não, super foda. é que eu sempre uso essa palavra para extremar algo que eu acho além do normal. E Se isso for realmente parte de você eu te digo: Você é ainda mais legal por que mostra ter personalidade.

    Meu beijo!

    ResponderExcluir
  9. Acho que me vi tanto nas tuas linhas como você se viu nas minhas.

    É a vida.


    Beijo doce, Lu.

    ResponderExcluir
  10. Aquela história de que nós mesmos somos nossos piores inimigos é bem verdade. Mas acho que a partir do momento que nos aceitamos como somos, as coisas começam a ficar mais fáceis.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  11. Tem essas tais semelhanças de sempre, mas a onda do sublinhar e do traço ter que ser reto, cara, isso sou eu demais! Hahaha.

    Gostei da maneira como você deu a cara a tapa. Eu, ultimamente, só me escondo.

    Beijão, Lulu.

    ResponderExcluir
  12. Amo textos meio auto-descritivos haha
    E eu sou um pouco disso tudo também, Lu
    Vai ver por isso eu me encontre tanto em textos seus, pq eu sou um pouco como voce rs.

    E esqueceu de dizer ''Sou uma fofa'' ein kk
    beijo, Lu.

    ResponderExcluir
  13. Eu simplesmente adorei essa descrição, também odeio emprestar meus livros e não o faço, bem, só empresto para pessoas que moram comigo, mas não tenho coragem de riscá-los, só assino meu nome. Também não faço a questão de ser simpática com todos e também compartilho da parte em que dizes " e às vezes não gosto de alguémsó ao olhar para ela ". Bem, entre outras coisas, me identifiquei totalmente, adorei essa descrição, de verdade :*

    ResponderExcluir
  14. Ué, somos humanos. O fato de percebermos nossos defeitos e admití-los pode parecer simples, mas não só não é, como nos torna pessoas um pouco melhores do que aquelas que têm medo de olhar pra si mesmas. E apenas a autoaceitação pode nos fazer tranquilos o suficiente para sermos verdadeiramente aceitos pelos outros.

    Belo texto!

    Demorei pra vir aqui no teu novo endereço, mas vim, ó. =P

    Até mais, beijo!

    ResponderExcluir
  15. Você é minha gêmea perdida e eu nem sabia.
    Volte pra casa!

    ResponderExcluir