Pausa

12 de maio de 2010 //

"Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu"
('Roda Viva' - Chico Buarque)


Me deixa parar e apenas respirar. É só por um tempo, prometo. A questão é que são tantas coisas que chegam de repente e, quando a gente menos espera, não sabe para onde ir ou o que olhar. Parece confusão, aperto no peito, vontade de chorar e rir ao mesmo tempo. Fica aqui comigo, prometo que fico quieta. É que agora só preciso ouvir a tua voz e sentir teus braços me prendendo bem perto. Preciso de calor, só um pouco, para esquentar um pouquinho aqui dentro.

Tenho tanta coisa para fazer que nem sei por onde começar. Me ajuda? Não deixa a minha mania de desespero bater. Você sabe que aumento tudo quando fico assim. É uma droga, eu sei, mas não consigo controlar. Me ajuda a ser forte para poder ajudar quem está ao redor.Ando pensando demais em tanta coisa e algumas me dão um medinho chato e que odeio sentir.

É a instabilidade da vida que me afeta. Aquela sensação de não ter controle sobre a vida e o dia de amanhã que me deixam aflita e sem chão. A estranha mania de sentir demais até quando não devo. Quero ficar quieta por alguns dias, dar asas a essa minha vontade de sumir para os outros e existir apenas para tu. Vem rápido para cá e me deixa chover nos teus ombros até o dia em que seremos ainda mais felizes.



______________________________
Perdão a todos pela ausência!
Sobram coisas e acontecimentos, falta tempo, ânimo e inspiração.
Abraço especial a todos que não deixam de ler apesar das minhas idas e vindas.

Beijogeral!

Imagem: daqui.

10 comentários:

  1. Lu, adorei este texto. Se encaixa na vida de muita gente. Esse muito a fazer, necessidade de colo, lindo retrato do cotidano.

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Perfeito o teu texto, Luciana. Tem vezes que me sinto exatamente assim.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ai vontade de nada em nada...Apenas olhar, sentir e ficar ali, parado olhando ela dormir...

    Bjim e belo texto

    ResponderExcluir
  4. Menina, vc escreve bem demais!!!!! Do tipo de leitura que enche os olhos *-*
    Beijocas =**

    ResponderExcluir
  5. As vezes eu sinto medo de certa coisas da vida também. É estranho e chato de sentir mesmo. Fica uma sensação estranha dá até arrepios. Muitas vezes precisamos é só disso mesmo, companhia. Só que de uma certa pessoa que as vezes não quer nos dar essa tal companhia. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Cara, um dos melhores textos que já li aqui, parabéns! Tem texto novo no Sub Mundos.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. a inspiração está nos olhos de quem lê...
    hehehe
    solte as informações..
    nossa sociedade precisa de animo...
    vamos sair pelas ruas, acreditando sermos um bando de anormais...
    vamos fazer o que a sociedade recrimina..
    vamos soltar os leões...
    vamos viveeeeeerrrrrrrrrrrrrrrr...
    um dia a mais, não um dia ... comum!
    vamos ver, enfim ver, um dia passar ...
    !
    (:

    ResponderExcluir
  8. Luciana tem selo para você lá no meu blog. Se te interessar dá uma passadinha lá. É singelo, mas é de coração. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Xiuuu... fica quetinha e se segura em mim, me deixa cuidar de quem amo, você...

    Te amo minha pequena!

    ResponderExcluir
  10. Poxa Lu, estamos passando por uma fase parecida mesmo, muito desses questionamentos eu tenho feito também. É horrível essa sensação de que a vida tá escolhendo os caminhos que devemos seguir ao invés de nós. Espero que no final tudo dê certo.

    Bjuu!

    ResponderExcluir