Onírico

by - 19:56


"- porque sempre chega um momento em que até o bonito se torna insuportável -"
(Caio Fernando Abreu em 'O Ovo Apunhalado')



Eu poderia ficar parada naqueles degraus molhados por horas a fio, apenas esperando que você destrancasse a porta e me deixasse entrar oferecendo um café quente e um cobertor para que eu me acomodasse na tua cama de solteiro que faz barulho com qualquer movimento mais forte. Poderia deixar a chuva continuar me molhando, encaracolando meus cabelos artificialmente lisos enquanto, junto com o liso do cabelo, ia embora a minha pose de durona que nunca precisa de ajuda e só sabe ajudar.

Enquanto esperaria a porta abrir, repassaria o meu discurso ensaiado na frente do espelho apenas com a expectativa de que conseguisse reproduzí-lo ao te ver, mesmo sabendo que não conseguiria, pois já estava bastante nervosa e nem ao menos tinha cruzado meus olhos nos teus. Eu ficaria imaginando o que aconteceria depois do som da tranca se abrindo, se seria gentil ou grosseiro, se me abraçaria sem receio de molhar-se e diria que também sentiu minha falta ou se apenas me agarraria forte, me levaria para dentro de casa e seria só amor, sem fim, como sempre foi.

Talvez eu trouxesse algum pedaço de papel onde só haveria tinta de caneta borrada e resquícios de palavras que um dia quiseram revelar amor. Talvez eu aparecesse bêbada demais ou sóbria demais e isso não seria nada bom, já que os extremos sempre geram problemas e nós não nos entenderíamos assim. Eu te daria uma flor roubada do jardim da casa da esquina, uma margarida ensopada pela chuva e ainda viva, assim como nós. Como eu.

Talvez, porém, eu também não fizesse nada disso e apenas te ligasse no meio da noite apenas para dizer que te amo e que tudo não passou de uma brincadeira minha, uma birra daquelas que sempre faço ou, quem sabe, um sonho daqueles em que é só abrir os olhos e pronto, tudo volta ao normal. Nunca aconteceu nada e nós apenas dissemos 'tchau e boa noite' para, no dia seguinte, nos beijarmos e dizer 'bom dia'.


Imagem: daqui.

Você também pode gostar

13 comentários

  1. Extremos são deliciosamente perigosos, né?!

    E um 'se' faz muita diferença.

    Quando se ama, a memória fica falha, logo esquecemos ou inventamos um capítulo.


    BeijOs Lux
    Saudade de tu

    ResponderExcluir
  2. Luciana, que texto mais lindo.
    As situações, as ilusões e pensamentos, o jeito que você escreveu, lindo mesmo!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Pois é.. a vida é feita de atitudes e escolhas.. e você não pode deixar de pensar no que faazer, ou no que faria, e isso faz tão bem.

    ResponderExcluir
  4. Luciana, parabéns pelo blog!

    Lindo texto... Ah, o infinito tempo que existe entre o pensar e o agir...

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Seus textos sempre me arrebata, me deixa com coração na boca, nervosa até.. Porque neles eu me vejo refletida, lendo uma situação minha ou parecida com as tantas que já passei ou passarei um dia.

    Saudade daqui, senti, pode acreditar em mim.
    beijos!

    ResponderExcluir
  6. nossa que lindo *-----------* Esse amor explicito em suas palavras me inspiram a cada frase.

    ResponderExcluir
  7. Muito bonito e tocante seu texto!Adorei!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. pra variar, me emocionei aqui! acho que eu, criadora da Sal, acabo me identificando muito com tudo isso mesmo!

    a gente as vezes acaba falando o que não deve e agindo como não quer né?! e aí, so mesmo uma "chuva" dessas pra lavar a alma e abrandar o que já passou!

    bjo lu!!!

    ResponderExcluir
  9. Lindo demais!!!


    O amor delicadamente planejado...

    A vontade de dizer coisas e depois se arrepender!!!

    Beijossssssssssssss

    ResponderExcluir
  10. Que lindo texto, me emocionou .

    Porque as vezes ficar parada/estagnada não é uma idéia bem retórica do que é tomar atitudes.

    parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Enquanto eu lia eu imaginava esse filme composto por suas palavras.

    Como diz meu pai: Você não é fraca não!
    E como diz um amigo: Isso é só pra quem tem o dom!

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. É sempre bom acordar ao lado de quem se gosta né?
    Sai um bom dia bem mais bom...

    Bjim é ótimo texto

    ResponderExcluir