Transcendental

10 de fevereiro de 2010 //


Sabe, acho que existe algo cósmico entre nós. Somos daquele tipo de gente que se encontra por algum acaso da vida, se dá bem e daí em diante rola uma química inexplicável que faz as coisas fluírem imperceptívelmente. Daí, quando, num estalar de dedos, acordamos, paramos e nos perguntamos 'como assim?'.

Acredito que, provavelmente, tu vieste de Saturno e eu, de Júpiter. Não me pergunte o por quê, mas te acho com cara de habitante de Saturno, um morador lá daqueles anéis, cheio de mistérios e etc e tal. Já eu, sou de Júpiter simplesmente por que gosto do nome desse planeta, soa bem, que nem o meu.

Aliás, ainda não sei teu signo. Também não quero saber agora, prefiro esperar o 'momento certo', se é que essas coisas existem mesmo. Vou querer traçar nosso mapa e ver em quais pontos nos encontramos. Não, não acredito nessa onda toda de astrologia, só sou curiosa e gosto de tentar de tudo, sabe?

Ontem, pela janela, vi uma estrela que brilhava da tua cor, azul. Também havia outra lá, miúda, porém intensamente cintilante, ela brilhava vermelho, tipo eu. Gosto desse papo de cores que significam alguma coisa meio sem pé e nem cabeça. Não sei de onde inventaram os significados, só sei que gosto de como o vermelho forte e o azul calmo se encaixam em nós.

Trans-cen-den-tal. É assim que penso em nós dois. Somos qualquer coisa assim que transcende o comum, sabe? Tá, eu poderia dizer que a gente é um casal muito louco, que dá certo e por aí vai, mas gosto dessa palavra grande exatamente por que ela parece com o que significa.

Já falei demais, eu sei. Tenho essa coisa de logorreia de vez em quando. Sabe o que é, ? É falar demais, sem parar e sei que é puro nervosismo. Fico assim quando estamos juntos, busco explicações e coisas nossas em cada partícula de tudo. É tudo muito sem sentido mesmo, ? Mas agora, que já estamos nos braços um do outro e eu já mostrei de todos os jeitos que te amo, você pode calar minha boca com um beijo, eu deixo.



Ps: prometo atualizar as visitas no carnaval, por enquanto, continuo indo e vindo.
Ps²: de volta no Revertido Silêncio.

Imagem: daqui.


16 comentários:

  1. Esse primeiro paragrafo poderia ter eu que tenha escrito, igualzinho a mim. E acredite que os melhores casais são esses, "loucos" pois as diferenças se unem e se completam.

    ResponderExcluir
  2. Como é bom estar aqui entre suas palavras, só nos mostra que o amor sempre pode acontecer, e ele acontece.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Na calmaria, nervosismo, loucura, lutas, sabe tudo isso que vem de nos dois juntos, colados, grudados, de duas cores para uma, com o arco-iris de cabeça pra baixo.

    Sabe pequena poderia falar e falar igual você, mas prefiro ficar no...

    -Eu te Amo!

    e continuar a te calar.
    Falar no nosso silêncio. Te Amo!

    ResponderExcluir
  4. Essa loucura e intenso amor ficam tão bonitos nas tuas palavras. E mulher é assim mesmo, melhor tentar de tudo, acreditamos não acreditando nesses significados.

    Felicidades!

    Beijos
    ;*

    ResponderExcluir
  5. adorei! está de parabéns pelos seus textos...toda a felicidade do mundo para vocês :)

    ResponderExcluir
  6. Curti o texto e o blog :)
    To seguindo,se puder dar uma passadinha no meu e seguir,
    ficarei grata,beijos e bom feriado!

    ResponderExcluir
  7. Tão discreto e carinhoso o jeito dela escrever.
    Mas procura a astrologia sim, quem sabe uma coisa 'louca' não pode explicar a outra?

    P.S também te linkei :')

    ResponderExcluir
  8. oun, lindo... estao todos amando HGASGJS

    ResponderExcluir
  9. Cale a minha boca com um beijo, essa marcou. Vou anotar, porqe na próxima, eu vou dizer isso. Rá, gostei. Beij Lu,

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  10. Esse texto me levou ao universo.
    Porque tem esse sentimento que transcende qualquer espaço-luz.

    Magicamente belo e doce.
    Que bonito Lu. Encantador a sensibilidade das palavras.

    Beijos

    Bom carnaval

    ResponderExcluir
  11. O amor de vocês transcende de outras vidas, outros estágios e outros momentos. Almas que se acharam para se completar. Sorte nesse encontro, que ele dure até quando as estrelas azuis e vermelhas brilharem no céu dos amantes

    ResponderExcluir
  12. o bom é isso, que mesmo com o tempo ainda existe esse nervosismo, essa vergonha de falar tudo que vem a boca. Isso é amor.

    ResponderExcluir
  13. Amei Lu. Acho que é o texto mais lindo que já li aqui.
    Como eu queria encontrar alguém que me inspirasse palavras assim.
    Enfim..
    Beijão querida

    ResponderExcluir
  14. Isso deve ser coisa de mulher mesmo, buscar coisas diferentes para justificar algo tão intenso como o amor. Talvez queiramos saber que já estava tudo traçado.

    ResponderExcluir
  15. transcender.
    essa é a palavra chave no mundo d hoje.

    *-*
    primeira vez aqui.
    virei encher o saco de ti mais vezes.
    gostei do "ambiente"

    vim comentar e desejar um ótimo feriado prolongado.
    com o bloco da amy winehouse, que não tá me cheirando bem mas...
    o bloco do galvão bueno que de tão chato ngm vai atrás..
    e o bloco do joão, pedreiro aqui da rua..
    \o/

    fui e té breve

    ResponderExcluir
  16. Eu fiquei admirada com seu blog, parabéns. Espero voltar mais vezes aqui, e estou a te seguir, um beijo.

    ResponderExcluir