Pequenices

19 de janeiro de 2010 //


"E até quem me vê lendo o jornal
Na fila do pão, sabe que eu te encontrei"
('Último Romance' - Rodrigo Amarante)


Grandes acontecimentos não são necessários. É com as cenas pequenas e breguices clichês que me satisfaço. Pode ser ao vivo ou por telefone. Em um belo local ou no sofá da sala. Basta a presença para que tudo se torne diferente. Prefiro as coisas mínimas, por que são elas que trazem o gosto de algodão doce e as lágrimas de felicidade aos olhos.

É assistindo uma comédia romântica no cinema ou cantando no teu ouvido a música que toca no computador que me sinto mais perto de ti. É na conversa ao telefone, no decorrer da madrugada, olhando os relâmpagos clarearem as nuvens enquanto a energia elétrica do bairro acaba que percebo que é disso que desejo que nossa vida seja feita: pequenices.

Não preciso de demonstrações públicas ou megalomanias, já disse. Meu coração bobo se satisfaz com esse pouco que transborda exatamente por ser paradoxo. Não precisa colocar meu nome em alguma estrela ou me dar alguma pequenina que tenha despencado do céu, basta, apenas, que continue fazendo com que as estrelas dos meus olhos continuem a brilhar. Por ti.


Imagem: por ChemicallyFu_ked

20 comentários:

  1. São em pequenos momentos que encontramos grandes sensações.
    O fato de serem pequenices não tiram sua grandeza. Porque não é a dimensão que ela aparenta por fora, mas a dimensão de emoção que ela te atinge por dentro que a faz magnífica. É isso que faz esses pequenos e momentos singelos tão mágicos, de grandeza única, inesquecíveis. São apelos que deixam nosso coração sorrindo bobo,
    de felicidade...

    Que bom que está feliz Luciana.

    :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. certo dia deixaram na minha geladeira um embrulho de presente...goiabada cascão com queijo (coisa que eu amo)...foi uma das coisas mais lindas que já fizeram por mim...justamente pela simplicidade do ato.

    ResponderExcluir
  3. noossa, cada vez melhor aqui *-* Sabe que eu amo teu blog, então estou com um blog novo com umas amigas. E coloquei teu blog na sessão "+BLOG" como dica. Não tem problema né?
    esse blog: http://mundocorderosaxd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. existe coisa mais linda do q ficar de mãos dadas dentro do cinema??? adorooooooo pequenices!!!

    adorei esse blog!! parabens pela maneira de escrever!!!

    bjo

    ResponderExcluir
  5. Ai que perfeito! Amei o final quando você fala das estrelas! Realmente, eu sempre costumo dizer que os detalhes fazem a diferença ;)

    ~Até a próxima, menina. Obrigado pelo comentário no meu blog.

    *DB*

    ResponderExcluir
  6. Ai ai, estrelas dos olhos brilhando, que poético.

    =], Charlie B.

    ResponderExcluir
  7. Muito acolhedor seu blogue, Luciana, e caprichosamente desenhado. Esse texto é muito bem construído. Bom conhecer o caminho daqui!

    ResponderExcluir
  8. Texto perfeito. Quero pequenices também, todas encantadoras.

    Fazia tempo que não passava por aqui, mas continua lindo seu lugarzinho.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. No amor, nada é pequeno! Até mesmo os momentos tidos como pequenos se transforam e tomam um corpo inimaginável. Bjus.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Achei esse texto uma delícia.
    Coisas pequenas também podem ser cheias de amor... :)

    Beijo beijo:*

    ResponderExcluir
  11. Eu gostei tanto do seu texto.
    E já me acostumei com seu estilo.
    Esse seu modo de escrever que a gente nem sente.
    A gente começa e quando vê tá terminando. E foi tão bom ler que lemos de novo.
    Não sei, acho que são as palavras que escolhe, não consigo imaginar outro motivo, não mesmo.
    Ou serão suas metaforas? Ah, pra que especular.

    E seu texto é tão contrário ao que eu acabei de publicar no meu blog. Contrário em tudo. E o mais estranho? Que eu tô mais pro seu lado do que pro lado das minhas próprias palavras, vê se pode? ^^'
    Entendendo mais nada, viu!
    Aquele texto que coloquei lá é das ideias... (:

    Beijo, Luh,
    sempre muito bom te ler.
    O chá tava ótimo. ^^'

    ResponderExcluir
  12. Foi lindo Lu!
    Eu me vi repetindo as suas palavras. Tudo que a gente procura pode ser encontrado numa única flor, ou em um pouco de água, já diz o Pequeno Príncipe.

    Bju, parabéns pelo texto. ^^

    ResponderExcluir
  13. as estrelas dos teus olhos, estas sim, que brilhem :*

    ResponderExcluir
  14. A felicidade é simples, e valorizo os pequenos gesto, como tu bem disse, essas pequenices tem gosto de algodão doce.
    O Amor nos faz brilhar.
    E eu amo quando tu brilha minha amiga!
    Um super beijO

    Saudades
    (L)

    Ps. Mas confesso que amei ter ganho um estrela com meu nome. rs

    ResponderExcluir
  15. Luciana, que texto lindo.
    Que foto linda.
    Amei tudo aqui.

    Bjos

    ResponderExcluir
  16. Que lindo Luh, meu amor é bem pequeno também, mas é literalmente. Eu adoro essas pequenices. É na simplicidade que o amor se mostra grande. Beijo

    ResponderExcluir
  17. As pequenices é que importam.
    Demonstrações efusivas de afeto sempre me incomodam.
    Adoro suas palavras apaixonadas!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  18. Também acredito que o amor conste em pequenos detalhes que aos olhos de uns parecem insignificantes, mas aos nossos olhos apaixonados, tornam-se grandiosos e especiais!
    Lindo texto (:

    ResponderExcluir