Conversa a dois...

24 de maio de 2009 //
Imagem: 'Conversa a dois', por Dri~









A sala já era ponto comum das conversas deles. Ela deitada no sofá branco e até um pouco sujo, pois sempre colocava os pés nele, e ele deitado no tapete, olhando as revistas de desenho que sempre estavam na mesa de centro. Eram horas de conversa, vários dias na semana e temas sem fim. Naquele dia não seria diferente, porém, o tema dessa vez era o que achavam interessante nas pessoas e, mais especificamente, na pessoa da qual gostavam.



Olhando para ela, começou a falar sem medo:



- Eu Nunca tinha visto olhos, pele e pescoço que me chamassem a atenção, mas agora passei a notar mais. Existe um perfume que tenho que sentir todos os dias, uma voz que me agrada, me deixa calmo e suave. É estranho, mas ela me deixa com esse sorriso bobo. Sua Beleza, o olhar, o jeito... Tão carinhosa, inteligente, brava, algumas horas bem e outras mal, mas ainda sim me chama a atenção, me faz desejar... São as palavras cheias de cores. Quando estou ouvindo ela, nossa, é poesia e musica ao mesmo tempo...

Olhar para ela é ver as cores de um Arco-íris diferente, é sentir algo novo a cada conversa, aprender mais a cada dia e ter um sorriso novo a cada momento. É, pensar nela me faz bem, mas estar junto dela... Ah, não tenho palavras para explicar, nada se compara a esses momentos...



Ela ouviu atentamente todas as palavras dele, agora, era sua vez de falar. Pensava consigo mesma, até que, as palavras começaram a fluir:



- Eu nunca me esquecerei do sorriso dele. Fico com o pensamento fixo naquele sorriso bobo e um tanto atrativo e não consigo parar de imaginar o quão bonito é. Talvez seja simples expressão de uma alegria nada misteriosa ou, quem sabe, apenas um jeito de dizer 'eu te amo' sem pronunciar palavra alguma. É uma pintura da qual eu não conseguir tirar meus olhos. Fico pensando como podem ser tão perfeitos, os lábios, os dentes... O sorriso é completa harmonia. Uma harmonia que insiste em me fascinar, imagem que não sai da minha cabeça, me deixa feliz.



Haviam falado, deixaram escapar os sentimentos em relação àqueles que amavam. Porém, havia algo nas entrelinhas da conversa, pois ela soube que era dela que ele falava e por sua vez, ele também se viu no discurso dela. Não havia mais o que esconder, revelaram-se. Era ela que ele admirava, o motivo do seu sorriso bobo, sorriso esse, que era o motivo da felicidade dela. Ambos eram, então, o motivo um do outro.







- Palavras minhas e de Adriel -




13 comentários:

  1. De nossas conversas
    silencios, sorrisos...

    Te Amo.

    ResponderExcluir
  2. essas conversas são as melhores que existem. *-*

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lu!
    Passando para deixar um abração e avisar que já estou de volta a atividade blogueira ^^.

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  4. O maior pecado dos amantes, é nao se revelar...
    Revele-se sempre Lu, pq vale a pena viver um amor...

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. E assim nasce uma grande história de amor..!

    muito bom luh..

    bjooooo do ju !

    ResponderExcluir
  6. E quando as duas criaturas apaixonadas se veem dentro do coração um do outro é uma felicidade que explode e toma dimensões inigualáveis.
    Nada como amar quem te ama, querer cuidar de quem quer cuidar de ti.

    Muito fofo o texto mamis, adorei!!
    Ah, e "entrelinhas" e "cores" são suas palavras preferidas, né? =D
    Hahaha, virou marca registrada. ^^
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Revelação que se deixa acontecer todos os dias depois que se encontra a ideal e mais perfeita companhia...

    Isso é comum entre amantes apaixonados!

    Viva a vida e aproveite esse amor lindo!

    Bjus!

    =)

    ResponderExcluir
  8. Diga tudo que sente, sem amarras e sem medo. É assim que o amor cresce, sendo revelado sempre e sempre. Bjus

    http://contesta-acao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ah, o diálogo dos amantes... Até mais.

    http://devaneiodeeuclides.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. A delícia do relacionamento, com certeza, são as conversas.

    ResponderExcluir
  11. Adorei isso de ser motivo um do outro, Lu. Bem como o cenário. O diálogo. O estar com.

    Beijo, nocê.

    ResponderExcluir
  12. Solidão?
    Só se for a dois.....
    Adorei o blog...pelas palavras...
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oii
    tudo bem?
    adoorei o se blogg e estou seguindo.
    ook?



    beeeeeijo e parabeens *-*

    ResponderExcluir