Aonde vão os pés...

6 de maio de 2009 //
Imagem: 'let me go 2', por *daimonia




Mover o interior do corpo, mobilizar as entranhas e libertar o grito áspero-quase-fatídico; Fez disso a necessidade de expor o inexprimível de si, o que fere, maltrata e cansa. Não soube como controlar o sentimento e, no meio do turbilhão, pôs-se a gritar silenciosamente a raiva-triste que havia no seu ser.

Pessoa recatada que evita o barulho do mundo em troca do som harmônico do seu próprio mundo. O que é externo soa-lhe estranho, não é seu, não é do outro... enfim, de ninguém. Nunca soube sentir algo que lhe é de todo estranho. Aliás, até sabe sentir, mas é de uma inquietude cítrica que chega a lhe dar dor de estômago de tanta acidez. Não, o mundo não é para ela.

A liberdade encontra-se no seu mundo psicotizado, realidade paralela a essa que se vê com os "olhos da cara". Sua realidade é invisível para quem vive sob a ótica comum. É uma realidade que requer olhos de sentimento e o mínimo de empatia. Quem possui esses olhos, é capaz de caminhar com ela pelos mesmos caminhos, seguir as mesmas estradas e presenciar o que ela
presencia.

São seus momentos distante. Para alguns, é o "mundo da lua", para ela, é o SEU mundo. Espera o dia em que poderá mudar-se para ele de uma vez por todas. Seguir com os pés descalços, tocando terra e vislumbrando detalhes que na sua selva de concreto não são tão belos quanto o ar livre pelo qual anseia. A mala pronta está sempre à espera, sutilmente arrumada. No seu interior, coisas que só ela sabe explicar.



- Luciana Brito -


"Sem demora vou-me embora, mas
eu nem sei nem pra onde eu vou
Vou perder-me no caminho
É bem melhor do que onde estou
E na bagagem levo nada, não levo nem o cobertor,
levo somente alegria e muita fé no meu Senhor".
('Deixa Chover' - Chimarruts)




* E só para relembrar: Revertido Silêncio

20 comentários:

  1. Ai Lux Top quiamo

    Só quem entende da alma humana seria capaz de escrever algo tão itimo assim!
    Texto denso e tão intimo que chega a me encabular um pouco.
    Que nesta mala, voce coloque apenas coisas lindas e raras.

    Essa musica do Chimarruts é bela e diz muito, que seja assim!

    Alegria e fé forever!

    BeijOs minha amiga!

    ResponderExcluir
  2. Com os pé em terra, quero andar, Sair, viajar, me mudar... quero mudança... quero encontra minha grama verde, cansei de asfaltos ... quero ver o mundo ao meu redor, e não ouvir as vozes que inquetão, e tudo percorrer, na sola do pé... pois quero sentir que estou pisando em algo bom ....

    Minha Amada... me De A mão... e vamos seguir...

    ResponderExcluir
  3. Luh seus texto estão belos, tão simples, cheios de lirismo e significados. Vejo um pedaço seu em cada texto. Beijooos

    ResponderExcluir
  4. Voou alto agora hien moça! (...) Parabéns por mais um belíssimo texto, e obrigado por nos compartilhar de seu "infinito particular". Bjus.

    http://contesta-acao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Como de praxe...mais um belo texto luh...
    já tá se tornando rotina eu t parabenizar por teus textos

    muito bom... =)

    beeijo

    ResponderExcluir
  6. É como aquela canção: meu mundo e nada mais.

    ResponderExcluir
  7. Não, o mundo não é pra ela.
    Adorei aqui. :)

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Parece que a vida sempre reserva algo mais pra gente, neh!? E a gente sempre fica à espera do que está pra acontecer. As malas sempre estão prontas mesmo que dentro do armário da paciência, mas ela tá lá, sentada, aguardando a chamada de um novo destino pra viajar, e quem sabe nunca mais voltar...

    Bjuus!

    ResponderExcluir
  9. É quase como surreal.

    Seu texto me fez viajar para um lugar distante de onde estou. adorei x)

    ResponderExcluir
  10. ...incrível como às vezes nos deixamos reificar tanto que esquecemos a riqueza que temos pelo de-dentro da gente, e que as coisas simples, como tocar a natureza com o próprio corpo, sem medos, é o que nos faz verdadeiramente ser humanos... belo texto...

    bju do alex......

    ResponderExcluir
  11. Seu jeito de escrever me emociona...

    parabéns...

    }Beijo e mais beijos...

    ResponderExcluir
  12. Quem é vivo sempre aparece e aqui estou eu..asodoksadoaskd
    eu tava sem net..

    Gostei do seu post, a realidade se fez presente mais uma vez, por que na real cada um de nós tem o seu própio mundo mesmo..!

    AAHH Chimarruts amoo, são daqui de Porto Alegre Também, muito bom o reggae deles e tu não vai acreditar a primeira musica que eu aprendi a tocar no violão foi deles essa semana
    " versos simples " ...

    bjoooos Luh :*

    ResponderExcluir
  13. É uma verdadeira delícia quando o sentimento que sentimos pelo outro está assim, tão a flor da pele... Até mais.

    http://devaneiosdeeuclides.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Acontece que quase ninguem entende que existem coisas no mundo dele que só pertencem a ele! E esse mundo da lua é passageiro até que ele se sinta realmente lá hahahaha

    um beijoooooooooooooo!

    ResponderExcluir
  15. Acho que eu preciso parar de ser do mundo e ser minha um pouco.

    ResponderExcluir
  16. Luzita, foi uma das coisas tuas que li e que mais gostei, fez-me lembrar Exupery: "o essencial é invisível" aos olhos.

    Bjm amada

    ResponderExcluir
  17. Esse "gritar silencioso", passa a ser, nos dias de hoje, uma coisa bem comum! Adorei a forma como tu escreve! Bem sentimental e verdadieor..voltarei mais vezes aqui...

    quero também agradecer pela belíssima opinião exposta sobre meu conto, em meu blog...

    Estou te adicioonando em minha lista, se quiser me adicionar também, ou não, fique à vontade!

    Até logo!

    ResponderExcluir
  18. Ei, Lu!

    Já te adicionei lá no messenger VIP! (rsrsrsrs)

    Sobre o seu texto: lindo! Para viver bem, é preciso saber onde a gente pisa! :)

    Beijoooo.

    Pedro Antônio

    ResponderExcluir
  19. Caraca...
    Texto intenso, lu
    T.T
    momento emo
    HUAEHUEAHUEAHUEAHUEA
    chimaruts?
    XD

    ResponderExcluir
  20. Oi, eu adoro a forma como você escreve.. sempre escrevendo coisas de boas qualidades.

    ~Chimarruts é legal. Até a próxima.

    *DB*

    ResponderExcluir