Estou

by - 21:08



Algo que particularmente me impressiona bastante é a forma de escrita dos poetas. Alguns chamam mais atenção e para mim, Fernando Pessoa é um que tem grande destaque.
Fico me perguntando como ele teve a capacidade de escrever tantos poemas, já que não existem só os feitos pelo próprio Pessoa, mas também os feitos pelos seus vários heterônimos. As poesias dele são de uma profundidade incrível, expressam, na maioria delas, uma inquietação, melancolia e a depressão marcantes na obra.

Ah, como a dor é inspiradora!
Momentos de dor são produtivos... Deixam fluir as sensações mais íntimas do sujeito e acaba mpor surgir obras profundas e dos mais variados estilos.

Até no momento de sua morte Fernando Pessoa continuou criando. Sua última frase, divulgada em inglês foi: "I know not what tomorrow will bring... " ("Eu não sei o que o amanhã trará...").

Uma (das tantas e muito boas) poesia do heterônimo Álvaro de Campos:


Estou

Estou tonto,
Tonto de tanto dormir ou de tanto pensar,
Ou de ambas as coisas.
O que sei é que estou tonto
E não sei bem se me devo levantar da cadeira
Ou como me levantar dela.
Fiquemos nisto: estou tonto.

Afinal
Que vida fiz eu da vida?
Nada.
Tudo interstícios,
Tudo aproximações,
Tudo função do irregular e do absurdo,
Tudo nada.
É por isso que estou tonto ...

Agora
Todas as manhãs me levanto
Tonto ...

Sim, verdadeiramente tonto...
Sem saber em mim e meu nome,
Sem saber onde estou,
Sem saber o que fui,
Sem saber nada.

Mas se isto é assim, é assim.
Deixo-me estar na cadeira,
Estou tonto.
Bem, estou tonto.
Fico sentado
E tonto,
Sim, tonto,
Tonto...
Tonto.


Mais informações e poesias de Fernando Pessoa em: http://www.jornaldepoesia.jor.br/pessoa.html
Álvaro de Campos: http://www.jornaldepoesia.jor.br/facam.html

Você também pode gostar

1 comentários

  1. Greandes poetas!!
    E concordo, a dor machuca, incomoda, nos faz sofrer, mas também nos faz nos sentirmos vivos e quando desabafamos a dor nas poesias, o resultado são belos versos... de algo tão triste surge algo tão bonito.
    Porém não podemos manifestar apenas nossa dor, devemos aprender também a manifestar nossas alegrias por meio da poesia... que é tão linda quanto as outras.
    Saudade de você no meu cantinho..^^
    Beijos!

    ResponderExcluir