It's me!

31. Recifense.
Canceriana com ascendente em sagitário.
Psicóloga no RH. Viciada em café.
Mãe do Francisco, do Joaquim e do Oscar.

Luciana

What Read Next

Asas Quebradas

Asas Quebradas


Com as asas quebradas
Estou caído no chão
Minha pele queima debaixo do sol forte
Lágrimas azedas escorrem pelo meu rosto
E ninguém parece me ver.

Ergo as mãos aos céus
E o brilho de meus anéis ofusca minha visão
Quase vivo ainda estou
Enquanto os mortos caminham
Na rua em que estou no chão.

No …

Medo

Medo

Segura-me esta noite, aquece-me e diz com tua voz que irá terminar tudo bem...
O desamparo me envolve e o medo me impede de prosseguir.
Com o corpo gélido espero ansiosamente a hora determinada para a grande mudança.
Positiva? Negativa?
A incerteza prende-me nas linhas quebradiças do tempo que teim…

Bolero de lua cheia

Bolero de lua cheia


Bolero chorado
Versos cifrados em melodia
Murmurada, desolada
Entre quatro paredes cantada
No mais absoluto silêncio
Da noite quente de lua cheia
Inspiradora de amores e dores
Lembranças e desejos secretos.

Por entre sono e sonho
Sons dos versos atormentam
E lamentam a ausência
De algo que …

Universo interior

Universo interior

E tu pisavas nos astros distraída
Sem saber que tua viagem
Nenhum sentido continha
A não ser a descoberta de sua própria menina.

Poeira dos astros nas sandálias trazes
Com teus pés tocados por raios solares,
Machucados e esbranquiçados
Pelas crateras lunares.

O universo silencia o poder
Da …

Sentidos

Sentidos

Ouvir teu corpo
Tocar teu amor
Beijar teus olhos
Olhar tua boca
Cheirar teu abraço

Infinitamente sentir-te.
Constantemente amar-te.

- Luciana Brito -

Soneto Ao Regresso

Soneto ao regresso

Volta logo meu amor
Minh'alma se consome sem ti
Da triste partida ficou a solidão
E chorando pus-me a esperar-te

A solidão se mostra fria
E do vazio já reconheço a face
Sem ti, meu amor,
Nada existe que me enlace

Que o tempo passe acelerado
E em uma tarde desleixada
Traga de volta o meu…

Abraço de amizade

Caminhando pela cidade, Sofia pára em uma pequena praça no meio da selva de concreto. É um dos poucos lugares que ainda preservam o verde e onde algumas pessoas deixam passar alguns momentos de suas tumultuadas horas diárias.

Sentada solitariamente em um dos bancos, ela por um momento “viaja” em p…

Chamar a Si Todo o Céu com um Sorriso

Chamar a Si Todo o Céu com um Sorriso

que o meu coração esteja sempre aberto às pequenas
aves que são os segredos da vida
o que quer que cantem é melhor do que conhecer
e se os homens não as ouvem estão velhos

que o meu pensamento caminhe pelo faminto
e destemido e sedento e servil
e mesmo que seja doming…

Nothing ever happened here!

Nothing ever happened here!


Não houve nada aqui
Nunca! Jamais!
No mais profundo vazio
Nada aconteceu e nunca irá acontecer
Folha branca nunca escrita
Tela nunca pintada
Falta de inspiração que paralisa
Corta algo que nunca existiu
Pensamentos nunca pensados
Emoções nunca sentidas
Palavras nunca ditas
No mais, …

Dormir

Dormir

Dormir, dormir, domir...
Sonhar
Esquecer
Viajar
Sumir, Sumir, Sumir...
Desaparecer
Transcender
Finalmente viver.


- Luciana -


100º Post!! - Evolução...

Aniversário do Caixa Preta e o centísimo post do blog!! \o/ (é muita comemoração xD)

Hoje é uma data especial e por isso venho com um post diferente. Nada de poesias, "artigos" ou músicas, mas um post falando um pouco da evolução desse blog.

Tudo começou em abril (2008), quando finalmente t…

Soneto sem inspiração

Soneto sem inspiração

Verde caminho rumo ao nada
Fortes ventos lhe tocam o rosto
Calmo destino certo
Absoluta solidão

Solidão e forte silêncio
De dentro para dentro
Sente falta do que lhe inspira
Do ser de eterna luz que lhe ilumina

Versos soltos
Rimas incertas
Entediante produção

Poeta errante em seu destino
L…

Versos tristes

Versos tristes

Na beleza da tristeza
Faço versos como quem chora
de dor, de horror
Por sentimentos profundos,
marcantes e torturantes.

Versos marcados
Sem muito compasso
Desesperados sem amor
Imersos em dor.

Intimidade sombria
Escondida da luminosidade
Intrusa mal quista
Desinibida e vadia.

- Luciana -

Submissão

Submissão

Chega uma hora que a luta parece em vão, que a força parece não ser suficiente e nem a vontade ajuda.
Já não faz o que quer, mas sim o que os outros querem. A submissão domina a cada dia e a depressão se instala cada vez mais.

Por que não posso dar asas aos meus desejos?
(pergunta-se compuls…

Amizade

"Amizade: Contrato tácito entre duas pessoas sensíveis e virtuosas. Sensíveis por que um monge, um solitário, pode não ser ruim e viver sem conhecer a amizade. Virtuosas porque os maus não atraem mais que cúmplices. Os voluptuosos carreiam companheiros na devassidão. Os interesseiros reúnem só…

Estrada

Estrada

Caminhando na tempestade
mantendo a vida apesar do frio.
A longa estrada segue
tortuoso é seu rumo
Nada à frente
O tempo não pára
Ninguém tem piedade
Pobre alma lançada ao relento
Lutando para manter-se aquecida
Em um mundo de desafios
As estrelas são seu sonho
E esperança apesar do medo
Na longa estr…

Estou

Algo que particularmente me impressiona bastante é a forma de escrita dos poetas. Alguns chamam mais atenção e para mim, Fernando Pessoa é um que tem grande destaque.
Fico me perguntando como ele teve a capacidade de escrever tantos poemas, já que não existem só os feitos pelo próprio Pessoa, mas ta…

Tédio

Tédio

Passa o tempo
Rasga o pano
Chega o tédio
Vem de dentro
Esvai em pranto
Sem remédio.


- Luciana -

Amor e coragem

“O amor é uma flor delicada, mas é preciso ter coragem de ir colhê-la à beira de um precipício”. (Sthendal)







Inicialmente vale pensar: O amor é só beleza? Onde os desafios entram nesse sentimento?



Bem, geralmente as pessoas olham todas as belezas do sentimento, todas as coisas boas que ele tr…

Ajuda-me

Ajuda-me


Olha-me nos olhos
E através deles mostra-me o amor que sentes
Abraça-me forte
Faz com que eu sinta a segurança
Que estes mesmos braços podem passar
E que preciso tanto sentir
Segue comigo
Mostra meus erros e ajuda-me a corrigi-los
Para que eu não me torne perfeita
Pega-me com força
Enxuga minhas lágr…

Leve desespero

Leve desespero

Na dor de ser mais um humano
O peito dói e o corpo sangra
Uma vida cansada
Que na mesma balada
Segue seu rumo
Incerto e secreto
E na forte tristeza
Vai dando a certeza
De que o tempo corre
E nada lhe socorre.

Lágrimas em uma face triste
Atestando que a dor existe
Persiste e insiste
Em deixar na es…

Todas as cartas de amor são ridículas?

“Todas as cartas de amor são Ridículas.

Não seriam cartas de amor se não fossem Ridículas.”

(“Cartas de amor” - Maria Bethânia)





Será mesmo que todas as cartas de amor são ridículas como a música fala?



Não acredito que essas cartas repletas de sentimento possam ser consideradas ridículas, pois são esc…

¿Dónde está la revolución?

Na cidade insana o tempo frenético passa no tic-tac do relógio e nesse mesmo compasso segue uma vida dentre tantas outras...

Chove lá fora e ainda sim a correria continua. Todos trancafiados em suas redomas de cristal, esquecem de olhar o outro a seu lado e seguem em busca de seu próprio egoísmo. O …

Amar e ser amado

"Amar e ser amado! Com que anelo
Com quanto ardor este adorado sonho
Acalentei em meu delírio ardente

Por essas doces noites de desvelo!
Ser amado por ti, o teu alento
A bafejar-me a abrasadora frente!

Em teus olhos mirar meu pensamento,
Sentir em mim tu’alma, ter só vida
P’ra tão puro e celeste senti…

Clima

Clima

A chuva molha a paisagem lá fora...
Melancolia e um leve tom cinza dão o toque final.

Aqui dentro também ocorre uma mudança
O humor instável torna-se obscuro
Junto vem os pensamentos que oscilam
Entre lentidão e agitação.

O tempo muda rapidamente
Chove em um momento e logo depois
Têm-se um lindo dia e…

Desabafo de uma mente inquieta

Do estranho sentimento de não ser de lugar nenhum, de não ter vivido e de ter errado e não poder mais ser perdoada por si mesma (e pelos outros)
Fica a impressão de incapacidade, voltam velhos complexos e a velha dor de antigamente.
Palavras não aliviam o turbilhão de pensamentos e sentimentos, são a…

Transgressão

Transgressão

De dentro para fora
Dor exalante do ser humano
Sentimento transgressor
Alma suja
Mente perdida

Confusão
Dia nublados
Chove, chove muito
lágrimas salgadas escorrem pela face

Tristeza
Olhar perdido
Andar cabisbaixo
Perdição...

Estranha sensação
Odiar-se
Sentir-se imunda
Indigna de algo bom.

Finita vida...

Breve Análise: "Ensaio sobre a cegueira"

Breve Análise: “Ensaio sobre a cegueira”Por Luciana.



Tomando por base o romance “Ensaio sobre a cegueira”, de José Saramago, a banda Detonautas Roque Clube aborda o mesmo tema do livro, que fala da importância não só de reparar no significado das coisas, mas também de reparar o que foi perdido, poré…

Evolução de amor

Evolução de amor

Com amor a cada dia
Se renova o sentimento
Em todas as partes gritando
Eu te amo desde o primeiro momento

Cada passo pequenino
Numa estrada de gigantes
O tempo corre, corre e corre
E não retira nosso brilho

Momentos felizes
Sonhos e planos
seguindo diretrizes
Ultrapassando caminhos estranhos

Vi…

*.*

"O universo simplesmente desapareceu
E todas as estrelas desmoronaram por trás do céu negro como piche
E eu mal consigo ver seu rosto em frente ao meu
Mas é saber que você está ali que me deixa bem"
(Snow Patrol - "Warmer Climate")



"Aí está você, bem na minha frente
Todo esse med…

Chuva

Poema feito para o mocinho que tanto amo *.*
(Sim, isso é uma declaração... *.*)


Chuva

Nos dias de chuva
Cada gota tem algo a mais
Me lembram alguém
Que amo cada dia mais.

Banho de chuva
Brincadeiras de crianças
Amor adulto
União eterna.

Dois apaixonados
Eternos namorados
Um dia emfim
Casados!!


- Luciana -

Sensação

Inquietante sensação estática
Inesperada e irremediada.

Corta como navalha
Oh lâmina brilhante!
Atravessa corpo e alma
Retira forças e traz dor.

Perguntas e sensações
Vontade de andar
e ao mesmo tempo parar.

Mundanças...
Sair do rumo, trocar o prumo

A passos largos
Uma nova caminhada
Futuro marcante
um pouco dis…

Além

Além...

Além do presente há o futuro
Talvez haja sofrimento, e talvez haja alegria,
E talvez haja simplesmente a vida.
Enquanto vou no presente antes do futuro,
Só olho para o presente antes do futuro,
Por que não posso ver senão o presente.
De nada me serviria estar olhando para o passado
E para aquilo qu…

Divisa

DIVISA

Mais importante do que a ciência é o seu resultado,
Uma resposta provoca uma centena de perguntas.

Mais importante do que a poesia é o seu resultado,
Um poema invoca uma centena de atos heróicos.

Mais importante do que o reconhecimento é o seu resultado,
O resultado é dor e culpa.

Mais importante d…

Desespero silencioso

Parem!
Eu não agüento mais isso, será que não percebem?
Está doendo, dói muito e eu não consigo me livrar de tudo isso...
Parece que nunca vai terminar e a cada sessão parece que não vou suportar.
Maldita vida! Sim, maldita a vida que eu mesmo construo para mim e que está marcada por erros dos outros e…

Eu quero, eu posso, eu consigo...

EU QUERO, EU POSSO, EU CONSIGO...

Ter algum dia tranqüilo... Me sentir bem do jeito que sou... Passar um dia sem chorar ou sentir dor... Sorrir e perceber que posso ser feliz um dia... Ver um futuro do meu jeito... Deixar para trás o que me machucou... Fazer bem a alguém... Mostrar que as coisas podem muda…

Casinha de bonecas

Uma bela casinha de bonecas com paredes cor de rosa, um belo jardim e um ar leve circulando pelas suas janelas. Tranqüila paz infantil, sonhos a perder de vista e apenas uma longa e impensada estrada pela frente.

Alguns anos passam e a casinha é abandonada pelo seu dono... Do tom rosa fez-se um tom …

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *