Uma pequena verdade

by - 11:59


"A única verdade que realmente sei
é que os seres humanos me assombram"
Markus Zusak em A Menina Que Roubava Livros


Seres humanos são complexos, não é novidade. Mas sempre haverá um momento (ou vários) em que algo acontecerá e você ficará refletindo sobre como uma pessoa pôde fazer aquilo. Isso é muito claro em casos de crimes ou acontecimentos que vão contra a moral e os bons costumes, mas não é só isso.

Vindo para algo mais próximo e simples da nossa realidade, venho falar de confiança e traição. Quem nunca foi enganado por alguém? Já fomos feitos de trouxa algumas centenas de vezes, mas quando isso vem de alguém da sua confiança e no quesito relacionamento afetivo, o buraco é muito mais embaixo.

Não costumamos imaginar que nosso companheiro(a) pode, ao virar a esquina, encontrar o novo amor da vida dele ou apenas aquela transa casual. Também não imaginamos que enquanto estamos fazendo todos os planos de futuro com alguém, aquela pessoa pode nem estar mais na relação, mas ainda não disse explicitamente por falta de coragem. Não passa pela nossa cabeça que seu namorado(a) pode esconder algo de você por, sei lá, anos e um belo dia resolva lhe contar achando que você vai sorrir e dizer "tudo bem".

Como se encara isso? Como lidar com os percalços da vida no quesito confiança, fidelidade e lealdade? Como trabalhar o perdão? Infelizmente não tenho essas respostas, mas fica a reflexão. Claro que tudo isso não depende apenas de nós, mas também do outro lado, já que relações devem ser vias de mão dupla e confiança é algo que se conquista com o tempo.

A grande questão, essa que me faz escrever esse punhado de palavras meio sem sentido, é que pessoas próximas vão te decepcionar o tempo todo. Você também vai decepcioná-las em alguns momentos. E tá tudo bem, é isso mesmo e vamos precisar aprender a lidar e resolver as situações, seja perdoando ou não. O que importa, no final, é estar em paz com nossas escolhas e conosco.

Você também pode gostar

3 comentários

  1. VOCÊ ESTÁ DE VOLTA.
    E EU ESTOU SEM CHÃO. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aparentemente sim, Fê! Mas vamos ver até quando hahaha

      Excluir
  2. As blogueirinhas antigas resistindo!! Bem-vinda de volta, Lu :)

    ResponderExcluir