Voltando ao começo

13 de outubro de 2015 //
Créditos: weheartit

Voltei, eu acho. Não posso dar certeza disso, pois certezas são algo que me faltam no momento, mas depois de quase oito meses sem aparecer por aqui, senti vontade de voltar e escrever alguma coisa.
Existe uma parte da minha vida que morreu - ou está em coma profundo, who knows? - mas que tem feito uma falta enorme e por isso tenho pensado seriamente em retomá-la ou pelo menos substituí-la por algo que preencha esse vazio que ficou.

Dizem que a rotina suga a gente e talvez isso tenha acontecido comigo. Vejam, estou me autoanalisando aqui. O trabalho me absorveu duas vezes e o desemprego outras duas. E enquanto chove notícia de crise por aí, é difícil se manter motivado. De repente, quando você vê, já foi levado pela correnteza e está sabe-se lá onde. Se perdeu e não sabe voltar. Isso sou eu. Estou tentando voltar, mas ainda não encontrei o caminho.

Eu gostava de quem eu era. Gostava de ser leitora compulsiva, louca por fotografia e ter um pé nas artes. Hoje em dia não leio, fotografo raramente e não crio nada. Nunca mais li um livro inteiro, apenas fragmentos. Depois de muito tempo sem assistir séries, finalmente terminei GoT, Orange Is The New Black e Sense8 (que devorei, de tão perfeita!). Claro que enquanto fui deixando de fazer essas coisas, comecei a fazer outras completamente diferentes, mas chega uma hora que a falta bate e você percebe que se distanciou muito de algumas coisas. E é interessante como nunca estamos satisfeitos - ainda bem - e buscamos e reclamamos. Tenho reclamado muito, aliás.

 Estou com saudade de mim, muita saudade. E talvez eu volte... talvez...

4 comentários:

  1. Entre os dramas compartilhados em off, divido aqui também um fato nisso tudo que você disse: "estou com saudades de mim...". Também estou, Lu!
    Que a gente tenha força de vontade de enxergar o novo para preencher outros espaços. ♥

    Bom retorno à blogosfera!
    :*

    ResponderExcluir
  2. Pois volte, Luciana.
    Estou com saudade!

    E que continuemos. Assim é a vida.

    Abração pra ti!

    ResponderExcluir
  3. Sabe, acho que a vida é muito feita de épocas... de vez em quando eu também paro com tudo, incluindo livros e séries (que são coisas que eu amo loucamente). Não faz muito sentido, mas deve ser o corpo pedindo uma pausa de tudo. Blog é outro exemplo, quando eu entro nessas épocas off, abandono tudo (deleto tudo, por isso nenhum blog meu dura muito tempo :P hehe)... Volta sim! É bom reiniciar o ciclo :)

    cinzaelaranja.blogspot

    ResponderExcluir
  4. Volte! Você faz falta por aqui. Suas linhas e letras tão cheias de vida, de vida de verdade. Mesmo perdida, no meio da bagunça, do caos, é você.
    Saudades, Lulis! :*

    ResponderExcluir