Líricas

by - 11:24


Era 2008, bem lembro, em um chat chamado Tripé. Foi lá que conheci aquela que viria a ser parte de mim, que descreveria - mesmo sem saber - pedaços da vida que eu vivia ou queria viver. Lembro que as primeiras palavras que li do seu blog não me comoveram tanto. Pecado, reconheço. Mas isso logo mudou quando prossegui na leitura e nas conversas naquele lugar de insanidades internéticas e de gente que apesar de parecer, nunca existiu.

De lá até aqui muito tempo se passou, muita coisa aconteceu e muitas contas foram apagadas. Mas ela, a moça de nome exótico e personalidade singular, continuou presente em cada texto que publicava - e apagava em seguida. Eu lia, me apaixonava e comentava praticamente a mesma coisa em cada um. Não sabia como, mas ela sempre escrevia bem e marcava. Ficava um pedaço dela em mim a cada texto.

Em 2012, quando ela disse que iria lançar o Líricas no papel, corri e disse que um seria meu com toda certeza. Eu precisava ter um registro físico de toda aquela história, de todos aqueles anos e sentimentos que eram dela, eram meus. E assim foi. Recebi um exemplar lindo e dedicado. Li aos poucos, aproveitando cada linha para alegrar o dia, e lembrando do que senti ao ler cada texto algum tempo atrás, no blog.

O livro trás uma coletânea de textos que foram, como eu já disse, publicados no blog. É um livro sobre o amor nas mais variadas formas, mas que é sempre amor. A leitura é simples, mas intensa. E é impossível não se apaixonar pelas palavras, pelas histórias. Como ela diz em um dos textos e reflete muito bem o livro inteiro, a ideia é escrever um abraço que atravessasse o papel e pudesse ser recebido por quem deixasse cair os olhos nessas letras. Ela abraçou e eu me senti abraçada, aqui, do outro lado do papel.



Quem quiser conhecer essa linda de quem falo, o nome dela é Jaya e ela é dona do Líricas, um blog cheio de amor e que vale a pena ser lido do início ao fim. Já o livro, quem quiser adquirir, clica aqui.

E aqui deixo um muito obrigada por ser amiga, por embalar meus amores, minhas saudades, minha vida. Por colocar o Líricas no papel e me dar a oportunidade de eternizar os sentimentos, as sensações todas.

Você também pode gostar

3 comentários

  1. Faz um milênio que tô querendo comprar o livro e talicoisa e zás, mas sempre passo outra coisa na frente. :(
    Pelo que li do blog, já sei o que espera, e só pode ser amor-amor. <3

    ResponderExcluir
  2. Lu, como você é linda! <333

    Obrigada, sempre, pelo carinho. Pela maneira como sempre se deixou abracar por minhas letras, por tudo o que viemos dividindo ao longo desses anos. Obrigada pelas palavras bonitas em cima dessa publicacão. Pela divulgacão. Por tudotudinho. Tá?

    Eu li isso aqui o dia todo e não conseguia comentar. HAHA E perdoa a falta de cedilha, meu teclado tá desconfigurado.

    Beijo enorme.

    ResponderExcluir
  3. Heeeeey, quanta paixão nesse post. ♥ Até me apaixonei junto. Achei a capa uma gracinha, vou atrás hein. :)

    Beijos!

    Raquel
    www.pipocamusical.com.br

    ResponderExcluir