Confissões de uma viciada

by - 18:34


Os planetas devem estar desalinhados. Ou talvez, quem sabe, essa instabilidade toda seja culpa do caos que se instalou na minha vida e resolveu ficar, desafiando as lógicas que dizem que o inferno astral é apenas uma fase. O meu inferno particular só passa em um contexto específico: quando estou com você. Nesses momentos o mundo adota uma rotação diferente ou, quem sabe, até pare de girar de vez em quando. E é nessas horas que eu me sinto a pessoa mais feliz do universo e tenho vontade de chutar o balde para enfim correr atrás de algo maior.

Se pararmos para pensar, eu não passei nenhum minuto da minha existência em um mundo que não tivesse você dentro dele. E não quero passar, vou logo avisando. Depois de te ver, as forças se renovam e eu, que sou adepta dos confortos e da necessidade de uma vida minimamente estável, fico querendo o diferente. Desafiando a lógica, sinto vontade de aceitar tudo e qualquer coisa para ficar ao seu lado, pois quando digo 'tchau', um buraco negro se abre e me puxa de volta para a realidade da qual tanto tento fugir. Tenho vontade de viver na nossa realidade paralela, a nossa Matrix.

Quando a despedida vem, mesmo que temporária, a saudade chega sem dó. Uma saudade diferente, daquelas que teimam em dizer que você precisa daquilo todos os dias, como uma droga qualquer da qual você é viciado. Sofro com a abstinência de você e não tem rehab que possa me curar. A mina salvação é a droga e, como todo bom viciado, imagino insanidades para conseguir o produto. Vou me mudar, vou morar no seu quarto ou em qualquer outro lugar. Com você, eu viveria até em uma barraquinha de camping.



Post para o #TodosComenta, lá do Elite.


Imagem: daqui.

Você também pode gostar

11 comentários

  1. Gêmea mar linda e romântica do mundo inteiro.
    Bem você, bem mimimi, totalmente in love.
    Lindo, gêmula.
    O amor de vocês é lindo, e tem pra vida inteira. Que vocês fiquem bem juntinhos sempre. E se for amor, que você seja uma eterna viciada. Hahaha.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Ai, que gracinha!
    Estou quase copiando o link e enviando para uma pessoa que me faz sentir dessa mesma forma!
    Acho que se eu fosse um pouquinho mais espontânea me declararia com essas palavras! haha

    Beijão! :*

    ResponderExcluir
  3. O que seria do planeta sem as honestas declarações de amor e de imposto de renda? Nesse caso, a renda é toda em sentimento e você está certamente fazendo o melhor investimento em amar.
    Quantos não querem uma pequena porcentagem disso para se intitularem felizes com propriedade? Quantos não querem sair do paraíso da liberdade para viver um pouco nesse inferno astral?

    Amor não é pra todos, mas, definitivamente, é pra você.
    Belo texto.

    ResponderExcluir
  4. Lula Torraca, mas quando você quer ser romântica e doce, você arrasa, hein?
    Adorei! Que coisa mais linda! Só tenho isso a dizer, porque, de fato, foi um dos posts mais lindos que li hoje.
    Belíssima contribuição para o #TodosComenta!

    Beijo!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  5. Oiii Lu,
    que coisa linda esse texto *---*
    Gostei da ideia da barraquinha de camping! HAHAHA
    ;**

    ResponderExcluir
  6. Gostei do texto.
    Confesso que achei bem diferente dos demais, mas amei.

    "Quando digo tchau um buraco negro se abre..."

    ResponderExcluir
  7. Eiiita mas esse povo anda muito apaixonado! Lindo texto Lu, dá pra sentir o amor e verdade em cada palavra. Que amor mais lindo esse seu. Não vejo a hora de o meu amor se tornar um amor tão gostoso assim. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que lindoooo. Que amoooor. Que doçuuuura. Ain... qualquer lugar com ele é um bom lugar né Lu?! Tão bom esse sentimento. Melhor droga, com certeza.

    E que música gostosa. Adoro o Jack Johnson. Ele tem esse estilo gostoso de escutar, que parece que a gente se teletransporta pra uma dimensão mais interessante.

    Beeeeijos querida!

    ResponderExcluir
  9. Acho sempre muito lindos estes seus escritos de entrega sabe? Com a Lu aí, inteira, se doando, se entregando e expondo sentimentos, medos e alegrias traduzidos em palavras, pontos e vírgulas. Nesse um ano e pouco te conheço mais que alguns amigos de perto, e quando a vejo assim, entregue em textos como este, leio linha por linha entendendo tudo, como se você tivesse acabado de sair daqui de casa, e leio lembrandp de coisas contadas e constatando outras observadas... amigo é assim né!? E cá do outto lado eu torço imensamente que este seu barquinho de papel encontre jeito de ancorar neste porto seguro que tão bem lhe faz. Seja em Matrix, em Far Far Away, Seattle ou Helcife, voc merece um mundo de sorrisos, barracas de camping, casa com cerca branca, casa na árvore e castelo. Vocea merecem. E enquanto tiver crises de abstinência, #Assv tá aqui pra alivoar a tensão. :D

    UM beijo Lula T. <3
    Ok.

    ResponderExcluir
  10. Que atire a primeira pedra quem não é viciado em amor. Pelo menos eu sou ^^

    ResponderExcluir
  11. Saudade é um sentimento tão peculiar, que até os idiomas tem formas próprias de defini-la. É muito complicado sentir falta de algo e saber que a ausência perdurará por mais tempo do que se quer.

    Belo texto, Lu. E não posso deixar de confessar que a última frase mencionando a barraquinha de camping me fez lembrar de uma passagem bastante tragicômica da minha vida...

    Beijo!

    ResponderExcluir