Nas ruas da memória

9 de janeiro de 2013 //



Eu só queria te dizer coisas bonitas. Que hoje acordei com saudade de você e do passado. E que passar os dias com você é a coisa mais linda, mas também é a mais sofrida só por causa do que vem depois. Porque é o depois que incomoda, que fica cutucando e insistindo que as coisas deveriam estar muito diferentes e que eu já deveria estar morando com você há séculos. Deveríamos, mas não estamos. E enquanto isso vivemos embalados em saudade. Tudo bem, não ligo. Desde que o futuro seja amável conosco. E ele será, tenho fé.

Mas enquanto o futuro não chega, vou caminhando nas ruas da memória e resgatando as bonitezas que ficaram por lá. Como a nossa primeira conversa, o primeiro presente que você me deu sem nem saber disso. Não sei se você sabe, mas a primeira música que me mostrou foi um presente, sabia? Mudou algo em mim e me levou para o teu caminho. E as nossas trilhas sonoras eram as mais lindas, lembra? Lembro de todas elas, uma playlist brega e nossa.

As conversas na madrugada. As noites dormidas com fones de ouvido só para ficarmos ouvindo a voz um do outro e amenizarmos a distância que esmagava nossos pequenos corações. Lembra das fotos? A primeira vez que te vi através de uma webcam. Era um quadro, lembro como se fosse hoje. E lembro também das linhas que já te escrevi, do caderno que guardou todas as minhas lágrimas enquanto você não voltava. Capa azul, lembro bem. E também lembro das cartas diárias, da ansiedade da vinda, do sofrimento da volta. E da mudança definitiva. Pensando bem, já moramos juntos, só que de uma forma diferente.

Lembro das noites de chuva ao telefone, das tardes-manhãs-noites passadas no sofá. De cada filme, cada fala insana e risada gostosa. Lembro da naturalidade que nós sempre tivemos, como se fôssemos o casal mais normal do mundo, e não um casal de malucos que se conheceram na internet. Somos malucos e eu gosto tanto disso. E além de tudo isso, lembro do choro contido enquanto ouvíamos o Caetano cantar e eu só pensava em como era bom estar com você naquele lugar. E da noite em que ouvimos Los Hermanos cantando, tocando ali boa parte da trilha sonora dos nossos três anos juntos.

São muitas lembranças e parece que hoje resolvi trazer a tona todas elas. Porque é bonito. Me faz querer seguir adiante, para podermos ter cada vez mais dessas coisas tão nossas. É engraçado lembrar. E mais engraçado é saber que toda essa lembrança começou com algo besta, o cheiro do teu perfume no meu corpo.



Imagem: Max Wanger

7 comentários:

  1. e nosso amor todo dia nos da novas lembranças, novos momentos unicos, apenas nossos.

    Te amo amoR!

    ResponderExcluir
  2. Minha gente, que amor mais lindo!
    Até eu me emocionei. Fico tão feliz com o bem querer de vocês.
    Minha gêmea e meu cunhado mais querido.
    Se amem, e pronto.

    Beijão nos dois.

    ResponderExcluir
  3. Ah, fico toda boba com seus textos amor Lu. Você escreve tão bonitinho seu amor e do Adriel, que parece filme.
    O futuro fará um carinho bom nas suas vidas, pode acreditar.
    Eu torço MUITO por isso! Para que a felicidade imensa e sonhos realizados façam parte SEMPRE das suas vidas.
    Vocês merecem tanto esse amor. Esse amor tão lindo.

    Um beijo pr'ocês. Nana. :*

    ResponderExcluir
  4. Me emocionou de verdade Lu! Quase chorei!! Isso por que sei exatamente cada um desses sentimentos que você descreveu. Eu namorei quase 3 anos a distância, mas agora eu e meu bem estamos perto, finalmente! Ele veio fazer faculdade na minha cidade. Sei como é difícil precisar de um abraço e ele não está ali. Querer sentir a presença, nem precisar estar grudado um no outro, mas apenar estar ali aonde seus olhos posam alcançar para saber que ele está por perto. Mas nós nunca desistimos e agora estamos perto e nos vemos sempre! Mas ainda há muito o que conquistar.
    Torço muito que vocês também realizem tudo o que ainda tiver de realizar, e que sejam MUITO felizes! Um beijo Lu!

    ResponderExcluir
  5. Você falando de amor é sempre lindo demais, Lu. ♡

    ResponderExcluir
  6. Que texto lindo e que amor lindo.
    Amei!

    Carissa
    Arte Around The World

    ResponderExcluir
  7. Que texto perfeito. Adorei cada linha. *-*

    ResponderExcluir