O Meme Literário de Um Mês - Dia 02

by - 15:01


O último livro que li foi o mais lido da vida. Ok, posso ter exagerado um pouco, mas a questão é que depois de ler A Culpa é das Estrelas, ficou difícil encontrar um livro melhor que ele no quesito "mexeu comigo". O único ponto ruim foi o fato de ter lido a versão ebook, mas ele já está na minha lista de desejados do Skoob, só esperando uma alma caridosa resolver me presentear com ele ou o dinheiro aumentar e eu poder comprá-lo. Anyway, vamos falar um pouco sobre ele.

Eu vou ser clichê e colocar aqui a sinopse do livro que está lá no Skoob. Não me julguem, mas eu simplesmente ainda não consigo escrever nada que preste sobre o livro. Minhas opiniões ficaram entaladas e espero sinceramente conseguir fazer uma resenha sobre ele. O que posso dizer é que o livro é lindo, é engraçado e é triste. E que me fez chorar horrores. Mas tudo bem, vamos à sinopse:

"Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas."


Sobre o próximo livro que lerei... bem, a pergunta é difícil. A lista é grande, mas talvez eu tente terminar de ler Cinquenta Tons de Cinza, para ver se ele é toda essa porcaria que o povo anda falando por aí. Mas isso ainda é bem incerto, veremos o que acontece nos próximos capítulos.


Quer saber mais sobre o Meme, corre lá no Happy Batatinha!

Você também pode gostar

6 comentários

  1. Tem muita gente falando desse "É culpa das Estrelas"! To bem curiosa e já coloquei na minha lista.

    ResponderExcluir
  2. todo mundo fala bem de A Culpa é das estrelas vou tentar ler depois

    ResponderExcluir
  3. "A Culpa é das Estrelas" também mecheu muito comigo, e entrou para minha lista de favoritos. Sou meia durona, mas não consegui segurar as lagrimas na ultima página. Pela historia, pelo apredizado, por estar me despedindo de um livro realmente bom.

    "Cinquenta Tons de Cinza" me prendeu por nunca ter lido algo parecido. Já li a sequencia "Cinquenta Tons Mais Escuros" e estou aguardando ansiosamente pelo proximo que será lançado em 01 de novembro. As pessoas tem criticado muito a escrita, a repetição de termos, como o "enrubecer" que é mencionado o tempo inteiro na primeiro livro da trilogia, mas se atentarmos a historia, aquela coisa do primeiro amor que acaba acontecendo para os dois, tanto para Ana uma mulher de 21 anos, virgem, quanto para o Sr.Grey um homem de 27 anos, com uma vasta experiencia sexual nada convencional. É bonito ver os dois descobrindo esse sentimento que consegue "ser puro em sua mais profunda safadeza", li essa frase em um blog e acho que combina perfeitamente com essa trilogia.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, eu chorei desde a página 60 (!), tem noção? Devo ser muito molenga mesmo hahaha Mas terminar o livro foi realmente triste, porque ele deixa você com vontade de ir lendo sem parar.

      E sobre 50 tons, realmente nem sei o que dizer. Mas do pouco que li, achei meio chatinho. Quem sabe as coisas mudem.

      Beijo!

      Excluir
  4. Pronto! Agora vou ter quer ler "A Culpa é das Estrelas". Todo mundo que leu recomenda! :D

    ResponderExcluir
  5. Por favor, não consigo falar muito sobre esse livro também, acredita? Parece que ele toca tão fundo que a gente termina ficando entalada, mesmo. :~

    E também estou meio curiosa para ler 50 tons de cinza, só pra tirar a prova dos nove.

    ResponderExcluir