Moço

by - 19:45


Sunday Morning Call by Oasis/oasis on Grooveshark


Me sinto sozinha, moço. Às vezes me pergunto o que estou fazendo aqui. O que estou fazendo com a minha vida? Não sei. É complicado. Acho que só estou sendo levada. Sabe o piloto automático? O meu está ligado, funcionando vinte e quatro horas por dia e me leva a algum lugar que não sei onde é.

Me sinto excluída, moço. Parece que enquanto todos caminham, eu não tenho caminho para seguir. Todos vão. Eu fico. Não me sinto fazendo parte de tudo isso. Estou por fora do contexto e não sei entrar. Fico apenas ouvindo o que estão falando, mas não me reconheço nessa fala. Esse cenário não me contém.

Me sinto triste, moço. Triste por não saber o que fazer, me sentir incapaz e ter vontade de desistir. Eu choro na esperança de que a angústia passe. Diminui por hora, mas sempre volta. É uma bola de neve prestes a me soterrar; E se eu não conseguir melhorar? Me sinto fracassada, moço. O tempo corre, todos seguem e eu fico para trás. Não quero mais tentar. Posso desistir? Eu não sei fazer isso. Não me ensinaram a ser persistente, moço. E também não me ensinaram a enfrentar as dificuldades. E agora?

Me sinto cansada, moço. Cansada dessa angústia sem fim. Eu quero ser normal, melhorar de vida e ver algo bom acontecer. Peço muito? Ando precisando de apoio. Você me ajuda? Você fica comigo e promete ter paciência comigo? Porque se não for você, moço, não tenho mais ninguém que consiga me entender. Fica comigo até a tempestade passar?



Imagem: Roberto Rubalcava

Você também pode gostar

5 comentários

  1. ah meu Deus! Fiquei com lágrimas nos olhos. Vi o texto inteiro, nossa conversa mais cedo: Linha por linha, toda sua angústia. 

    Mas moça, confie, que logo logo tua maré sobe, ou desce. Sai do lugar. 
    Já já o ônibus da passando, daí você vai entrar nele e acompanhar o ritmo de todo mundo, e vai ter um ritmo só seu também. Se aquiete moça, e aquiete esse coração ansioso também, porque as coisas vão mudar, e pra melhor. 
    Um abraço, bem forte e macio, que é pra ajudar um coração em apuros. Se cuida, beijos. Ana. 

    ResponderExcluir
  2. Moça espera aqui com calma, deixa a chuva passar,
    deixa tudo isso ali e aqui, descança um poco que vamos andando juntos.
    Mãos dadas em um caminho tão cheio de surpresas, estamos passando na tempestade
    mas jaja ela acaba vamos ficar assim juntos e seguir devagar até chegar alogo ali,
    do outro lado da Nuvem.

    te amo amor! é aqui que estou e quero estar.

    ResponderExcluir
  3. Inevitável não ter "me lido" no seu texto! Obrigada! rs O bom é que tudo passa...
    Beijocas. ;*

    ResponderExcluir
  4. A música, as palavras que se encaixam umas nas outras me trouxeram as lágrimas. Elas deslisaram e continuam cair. Parece não ter fim.
    Estou passando por um momento que me sinto assim, a ponto de desistir, me sentindo desolado. "Por fora". 

    ResponderExcluir
  5. Lu, me emocionei com o texto. Porque olha me sinto igual. e não tem ninguém que pode ficar comigo e me dizer que tudo vai ficar bem. E um dia, eu pedi pra alguém que dizia me amar pra me ajudar e ficar comigo que eu me sentia fraca, e ele só soube dizer que ele também estava com muitos problemas e não ia me ajudar e terminou comigo, lógico. Chorei a noite e inteira e de manhã já sabia que a partir dali era eu por mim mesma na Terra e Deus de lá me dando uma força e me soprando, me fazendo voar. Ainda vou longe  sou mais leve sem ninguém pra eu carregar nas costas! =D

    Bjos

    ResponderExcluir