Um tempo, uns desejos

by - 21:42


Queria sair dançando com o vento ligeiro que carrega folhas e bagunça os cabelos das moças. Também queria ter pincéis e cores, tantas quantas existissem e também as que ainda seriam inventadas, mesmo que praticamente impossível. Sua mente queria apreender as entrelinhas da paisagem, a voz da chuva e de seu coração inquieto e perdido no meio de tanta festa após o dia de seus anos.

As palavras, que sempre foram excesso, agora se desmanchavam em sopas de letrinhas e de repente, não mais que de repente, escorriam todas pelas pontas dos dedos. Sumiam, viravam branco e nada mais.

Em um cenário estonteantemente lindo, queria expressar a beleza do que (vi)via. Sabia da ineficiência das tentativas, era questão de tempo até as palavras virarem cor novamente. Vai voando por aí, admirando outras letras e achando tudo lindo. Precisa esperar e enquanto espera, vive.



_____________________________
22 invernos completados (foi dia 27) e fica a sensação de que algo mudou,
certamente mudou. Continuo meio lá e meio cá, com uma ânsia de viver
e com pouca vontade de "internetices".
Ando pensando em fazer um layout novo pra cá, cansei desse.
No mais, é isso.
Agradeço o carinho e mando beijos a todos.

Imagem: daqui.

Você também pode gostar

11 comentários

  1. E pintar a vida, dançar, cantar, pular, correr, amar, e fazer mais disso tudo viver mais e mais.

    Te Amo meu amor!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns um pouqinho atrasado .
    Espero que as mudanças sejam boas :)

    ;***

    ResponderExcluir
  3. Esse último parágrafo é exatamente o que eu queria dizer, mas não conseguia. Tô afastada das letras. É hora de absorver. É preciso.

    Beijo enorme, Lulu.

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus que vergonha!
    Lux, minha amiga, esqueci do seu aniversário!
    Me perdoeeee!
    Aimmmm, que mancada!

    Bom, mesmo atrasado quero lhe desejar muitos e muitos outros invernos de vida, cores e paz. Ah e claro, amor!
    Que Deus a abençõe ricamente e te faça sempre feliz.
    Te amo muitooooooooooOOOOO!
    Mesmo longe, viu?! Obrigada por ser minha amiga.

    Quanto ao texto, uau! Acharia impossivel voce escrever algo tão colorido assim quando nos conhecemos, lembra? Tô muito feliz e orgulhosa de ti.

    BeijOca

    ResponderExcluir
  5. Eita que lindo, saí voando também nesses pensamentos!
    adorei o post

    ResponderExcluir
  6. Sempre tem algo de cor nova, no ano que chega, no ano que vai.
    Penso que a vida dar a cor de presente.


    :*

    ResponderExcluir
  7. Ah, os vinte e poucos anos... texto colorido o seu. Quase pude enxergar as cores pulando dele.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. 22 invernos manchados de cores. Espero que cores novas e flores exuberantes te sigam por muitos outros invernos!

    ResponderExcluir
  9. Belíssimo texto! Aliás, como sempre! Tem texto novo no Sub Mundos. Bjus.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. é sempre bom viver um pouco mais de vida

    ResponderExcluir