Querido Diário...

by - 17:03

'diary writer', por ~kocisko


"Hoje o dia amanheceu solar
Vi pela janela um céu azul
Tinha aroma que soprou do mar
Foi trazido por um vento sul"
('Fraterno', Ney Matogrosso)


Não! Não me venha com a grande expectativa de que eu escreva aqui tudo que aconteceu de interessante (ou não) no meu dia. Muito menos que eu me revele claramente em palavras que facilmente seriam interpretadas como partes expostas de mim. Não faço esse gênero de garotinha e seu querido diário. Já fiz, hoje não mais.

Prefiro as entrelinhas e a sensação de "nem tudo que parece é". Adoro ver as pessoas se perdendo na literalidade das palavras e se prendendo à elas como quem quer se salvar do afogamento agarrando-se ao bote salva-vidas. Não. Amo o implícito e as coisas que poucas pessoas sabem. Gosto das interpretações alheias, de ver gente pensando e tentando decifrar meus códigos. Melhor ainda é ver identificações surgirem.

É claro que cada letra palavra frase texto que coloco aqui são partes de mim (se não forem completamente), mas vale lembrar que acima de tudo ainda há a imaginação. Há a licença, meus caros colegas. O que seria do Caio F. Abreu ou da Clarice Lispector se não houvesse o 'eu lírico'?

Crio, invento, transcrevo e faço de tudo um pouco. Me revelo, me escondo e gosto dessa brincadeira. Se hoje revelo partes do meu amor, é por que é isso que me preenche e inspira. Mas torno a lembrar-lhes, nem tudo que parece é. Ainda há espaço para muita imaginação.



Ps¹: post de número 200 *__*
Ps²: férias!!!!



Você também pode gostar

19 comentários

  1. Own Lu,
    isso já cansou de acontecer comigo, sabia?
    E ainda acontece, fato.
    Tem gente que parece que esquece mesmo do "eu-lírico" e aí, já deu ):

    Que bom que ainda temos a liberdade de criar e inventar, não é?

    Um beijo :*

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc, vc está certa,
    apesar de muitas vezes eu escrever sobre o meu dia no contexto normal, axo que esqueço do "eu-lirico" de vez em quando.

    ResponderExcluir
  3. Tá bem mas então eu direi, claramente, Tens a respiração (pontuação) mais harmonizada que já li ultimamente.

    Tu escreve bem prá caramba!
    abraços.

    ResponderExcluir
  4. até agora, o seu melhor post. e espero que este a cada dia fique para trás com a vinda de outros mais. vc tem sua liberdade e não se prende a ela. vc sabe equilibrar suas contades sem precisar tirar a paz dos outros

    ótimo!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Apena fico em silêncio enquando essa pequena-grande-criadora de palavras, tira das letras já tão antigas e velhas, as palavras mais novas e belas

    Te Amo! pequena!

    ResponderExcluir
  6. E ainda citou Caio F.Abreu,meu porta favorito. :)

    ResponderExcluir
  7. eu gosto desse espaço para a imaginação...

    quanto a sua curiosidade, ouvi dizer que ela matou a a gata rsrs

    boas férias, aproveite.

    ResponderExcluir
  8. A maioria das coisas que escrevo são minhas, misturadas com a realidade de algumas pessoas que me cercam, sabe? Nada é 100% Pâmela, rs.
    E gosto disso. Das entrelinhas, mas estou um pouco cansada dela. Deveras.

    ResponderExcluir
  9. Essa sua inconstância, é que nos deixa vidrados aqui Luh.!

    Boas férias.

    Beijooooos.!♥

    ResponderExcluir
  10. vc ainda não viu o "diário de motocicleta"? não perca tempo! é lindo! aproveite e veja os "ches" tb...
    sim, são paulo é uma merda, mas aqui acontecem milhões de coisas, boas e ruins, temos que aproveitar o lado bom! mas acho que logo logo esses filmes vão pra net, quando forem, te aviso...

    Manoel de Barros disse: "90 por cento do que escrevo é invenção.
    Só dez por cento é mentira."... rs

    ResponderExcluir
  11. e vamos continuar imaginando e inter-relacionando nossa vida com ficçao

    ps: Caio e Clarisse meus escritores preferidos.

    ResponderExcluir
  12. Confesso que nunca fui muito fã de Diários. De toda forma, o texto está muito bom. Bjus.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. kkkk
    são paulo é um cú, deu tudo errado aqui, mas tem seu lado bom, tudo tem, né? venha sim, que faço uma boa programação pra vc aproveitar a parte boa! :)

    ResponderExcluir
  14. eeeeeee, de férias enfim hein!
    agora já pode pensar num nome pro blog né bonita?kkk

    beijos flor!

    ResponderExcluir
  15. poisé, o que seria de todos nós que amamos escrever sem o EU LIRICO?
    AMEI o que escreveu.

    ResponderExcluir
  16. Por aqui tudo o que escrevemos imaginam ser auto-biografico.
    Em parte é, mas nem sempre é.

    ResponderExcluir
  17. Ah, Luzinha! Que linda que você é! Escrever é tudo isso. E as interpretações são todas, e nenhuma.

    'O poeta é um fingidor.' Lembrei disso, ali, pelo final.

    Saudades daqui.
    E de você.

    Toma um beijo, Lu. E deixa de ser linda!

    ResponderExcluir
  18. Sou assim também, e às vezes escrevo as coisas bem maiores do que elas são o que provoca várias interpretações diferentes da verdade. Adoro isso!
    beijo

    ResponderExcluir