Noite de um verão qualquer;

10 de dezembro de 2009 //
'girl and boy 2', por ~SheetKetty



É verão. Faz calor perto da linha do Equador e dezembro costuma ser mês de altas temperaturas, céu azul durante o dia e avermelhado durante a noite. Recife. O que a maioria quer é a praia e esse sempre foi o lugar preferido dela. Porém, sempre à noite, espiando a lua e pensando naquele já tão conhecido e dono de seus pensamentos. Sempre os melhores.

25 de dezembro, natal. Saíram juntos e a praia foi o destino. Ela vestiu-se toda para ele, pernas de fora, sabia que ele gostaria. Ele vestiu-se pensando nela e colocou a blusa que ela lhe deu. Nada planejado, apenas aproveitar um lual juntos. Amigos. Nando Reis sempre vem bem à calhar em um lual. E assim foi.

Os meus olhos vidram ao te ver, são dois fãs, um par - ele encantou-se ao vê-la. Nunca havia reparado em tanta beleza naquela sua simplicidade toda. Sem extravagâncias. Ela, por sua vez, ficava desconsertada ao vê-lo com cara de bobo. Por onde andei, enquanto você me procurava? - pensaram mutuamente. Aos poucos se aproximaram mais, estranho gostar repentino que chega e invade.

Foram chegando perto e os corações acelerados. E ele não conseguia parar de olhá-la. Era um girassol. Tomou-a com força pela cintura e ela não ousou dar um passo para trás. Estava afim. No silêncio dos olhares, nenhuma palavra foi necessária. Os lábios se encontraram e se tocaram em um beijo repleto de toda paixão arrebatadora que havia guardada nos dois por tanto tempo. Eram um do outro e não admitiam.

Tudo muito rápido. Beijos que não param, mãos que não sossegam e nenhum dos dois pensava em nada além de serem um do outro. Ele já não aguentava mais. E eu berro: Vem!Grita que você me quer, porque eu te quero também. Foram rumo ao apartamento dela e nos amassos no elevador ela só dizia sim.

Sedentos. Misto de desejo e sentimento impossível de diferenciar. O calor dos seus corpos misturava-se com o da noite de verão com céu avermelhado. No caminho até a cama jogaram as roupas longe. E ele, delicado, conduzia com cuidado seu girassol ao ápice do prazer. Poucas coisas são mais esplêndidas do que um girassol aberto e seu corpo que é praia de um escândalo, charme macio o embriaga . Fizeram amor repletos de tesão e amor. Finalmente aceitaram a condição de ser um do outro. Mataram a saudade do que não haviam vivido e descansaram plenos. Juntos.

Manhã seguinte, ela na cama. Ainda embriagada pelos restos de festa da noite passada. Chamou-lhe para dar aquele seu melhor sorriso e iluminá-lo com sua luz. Ele não estava. A cama encontrava-se vazia. Pensou no que fazer e em como enfrentar o dia com a interrogação de 'foi só uma noite?'. Levantou-se desapontada e, ao erguer-se, não acreditou no que viu. Ele. Interrogou-o com o olhar sobre qual era o problema com ele e obteve resposta:

"O problema é que eu te amo
Não tenho dúvidas que com você daria certo
Juntos faríamos tantos planos
Com você o meu mundo ficaria completo..."



Desafio coletivo "Uma noite de verão".
Outras noites de Fernanda, Maria Fernanda e Pâmela.
Quer participar? Escreva e nos avise.



Músicas: 'Luz dos olhos', 'Por onde andei', 'No Recreio' e 'Meu mundo ficaria completo (com você)'

16 comentários:

  1. e meu mundo somente assim é completo, com você.
    Te Amo! pequena!

    ResponderExcluir
  2. Eu estou tão chorosa hoje que não seria por menos, chorar. Teu texto é de amor, tão amor como tantos outros que tu escreve e me dói, de uma maneira bem particular, por querer viver um amor assim-assim.

    Que fim mais mágico esse, de uma não ilusão de noite de verão. É, talvez eu pudesse escrever algo tipo assim, mas a vida tratou de mandar meu verão, meu calor, meu amor para longe, longe.

    No mais, per-fei-to.

    ResponderExcluir
  3. Me derreti toda, aqui.
    Foi lindo de morrer, Lu.

    Não me deixou palavras, pra descrever o que li.
    Sendo assim, usarei as da Fernanda 'No mais, per-fei-to'

    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. Delícia de trilha sonora e delícia de texto! Senti o calor aqui, na pele, gostoso demais.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Eu juro que eu tinha comentando a minha comoção ao ler este post! Juro, mas não está aqui, entçao vou comentar de novo! o/

    Está lindo, essa postagem coletiva está dando bons frutos ,todos se revelando bons amantes sedutores (oi?)..hehe

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  6. Tão gostoso de se ler, Lu.
    Eu queria um amor assim, que durasse todas as estações do ano, sabe? Os meus textos sempre tem um ar de adeus, né? É que ultimamente venho me despedindo de tantas coisas, de sonhos, vontades e isso vai refletindo no que sinto.
    Teu texto é bem doce. Gostei do que li, por saber que ainda existe sim o amor. E que não duram apenas uma noite.

    Perfeito.

    ResponderExcluir
  7. Em alguns momentos vivi o texto com você... tão lindo, doce.
    E com final feliz!

    Como todos os outros.. prefeito.
    Adoro seus textos.

    Beijo pra ti moça.

    ResponderExcluir
  8. Ah, adorei.. muito legal... viajei aqui lendo o seu escrito! Parabéns *o*

    ~Até a próxima, visita meu blog hein...

    *DB*

    ResponderExcluir
  9. Olá Luciana, nossa quanto é gostoso ler seus textos, adorei e identifiquei-me muito !!!
    Parabéns, vc é dona das letras !!!
    Também escrevo, só que poemas, e sempre que leio textos majestosos como os seus fico mais energizada e feliz por possuir também um pouco dessa dádiva !!!

    Beijos

    Leticia Alves.

    ResponderExcluir
  10. Acredito que a postagem coletiva tenha dado certo. Rendeu bons textos, alguns suspiros (ai, ai). Então, quero propor uma nova postagem coletiva. Para quarta-feira. E estou avisando com antecedência para que todos nós postemos juntos.
    O tema é: Kiss me.
    Baseada na música da banda Sixpence None the Richer. Sempre achei essa música linda e acho que poderíamos tirar um proveito enorme dela. Aguardo contato com a confirmação da postagem.

    adm.pamelamarques@gmail.com
    Se quiserem podem me add no Gtalk. Passo o dia inteiro online.

    E avisem também que a postagem é livre, quem quiser pode entrar na brincadeira.

    Beijo doce :*

    ResponderExcluir
  11. Postei sobre Noites de um verão qualquer!

    \o/

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  12. Smpre que venho aqui me deparo rodeada de emoções, boas ou ruins,Vc contagia a todos :)
    ameei

    bejos

    ResponderExcluir
  13. Aimmmm, minha flor: Girassol.

    Não sei bem o motivo mas a cada linha lida mais e mais me vinha a música 'Temporada das Flores' do Leoni, dai na parte 'seu melhor sorriso' sorri, ao lembrar exatamente deste trecho da musica...
    Tarde de sol a pino e noites ensolaradas e iluminadas por um Sol e seu Girassol.

    Perfeito, Lux amada!


    Beijos
    (L)

    ResponderExcluir
  14. Uma palavra: LINDO!! Lindo o seu post e o seu blog! Posso te linkar? Beijos!!

    www.mel-apimentada.zip.net

    ResponderExcluir
  15. Eu já deixei um monte de comentários que farei agora, mas, diante de um texto maravilhoso como esse, fica difícil não se repetir: UMA ÚNICA PALAVRA SOBRE ESSE TEXTO: LINDO!!!. Bjus

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. aaaah, covardia sua regar o texto com nando reis né Lú!

    lindo demais da contaaa!!!!

    ResponderExcluir