Relicário

25 de novembro de 2009 //
'Pandora's box', por ~charxlotte


"O que você está fazendo?
Um relicário imenso deste amor"
('Relicário' - Nando Reis)



Estava disposta. Sentou-se no chão do quarto e ao redor dela estavam vários objetos, papéis, lembranças e pensamentos que formavam uma pequena bagunça na qual ela estava completamente organizada. Tudo que estava em volta dela havia sido adquirido ao longo de 8 longos meses nos quais o mundo dela simplesmente girava em uma órbita diferente.

Em uma caixa lilás que Ele fez e lhe deu de presente, ela achou o local perfeito para fazer o relicário do seu amor que vivia e dividia com Ele. A cada objeto cuidadosamente colocado dentro da caixa ela lembrava do momento exato em que colocou-o nas mãos. Guardou as 70 cartas que Ele lhe escreveu durante todo esse tempo e relembrou que cada envelope continha um fragmento escrito e desenhado do relacionamento deles. Também colocou o perfume Dele, que Ele lhe dera antes de voltar para casa e lembrou de como é bom sentir esse cheiro no pescoço Dele durante um abraço apertado. Em seguida foi a vez da caixinha que Ele lhe mandou logo no início do namoro e que até hoje ainda lhe faz lembrar do batom garoto mordido. Também entraram na caixa a lapiseira que Ele lhe deu e todas as fotos que tiraram juntos nos dias em que se sentiram extremamente felizes.

Cada recordação era um brilho nos olhos dela que, segundo Ele, são noites repletas de estrelas que brilham intensamente. Sentia saudade e vontade de sentir toda a felicidade novamente e ainda melhor. Estava feliz com Ele e queria mais. Já estavam a exatos 8 meses juntos e todo dia 25 de cada mês era um motivo de reflexão, por que o acaso bem planejado deles estava dando certo apesar de.

Passado um bom tempo em que estava viajando por entre lembranças e planos, terminou de montar o relicário deles. Guardou com cuidado para mostrar-lhe quando se encontrarem novamente e até lá, continuará guardando cada detalhe desse amor aniversariante do dia.




Ps¹: sim, sim, mais um texmo de amor e quase emo... fazer o quê, né? É muito sentimento misturado e dá nisso, sem falar que hoje é aniversário de namoro!
Ps²: quase de férias, reta final e muito, mas muito trabalho para fazer. Em breve apareço com mais freqüência. Beijomeliga!


14 comentários:

  1. por isso acho a palavra "amor" tão banal. e vivencia-lo é tão constragedor, mas somos idiotas e sempre nos apaixonamos.

    ResponderExcluir
  2. lembranças, recordações...tudo faz parte da junção de uma história.
    Recordar e reviver isso é tão bom, muitas vezes triste...mas no final é nostalgico, vemos em cada detalhe partes do que fomos juntamente com aquele alguém a quem tanto amamos...


    lindo o texto
    *-*

    ResponderExcluir
  3. Sou astronauta agora nesse espaço.
    Adorei as palavras..
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ah, como eu queria escrever algo assim um dia. Tens sorte, Lu. E que Deus conserve teu amor assim, cheio de saudade e carinho.

    Lindo como tudo que tu fazes.

    ResponderExcluir
  5. Ah, esqueci de dizer temos blog novo: escreva-me cartas. Vê se gostas.

    ResponderExcluir
  6. Uma palavra para esse texto: LINDO!!!! Tem texto novo no Sub Mundo. Bjus.

    http://submundosemmim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ai, que coisa linda, Lu!
    Cartas, perfumes, lembranças... vivo me perdendo nelas.

    Feliz aniversário de namoro, então. :)

    Beijos beijos

    ResponderExcluir
  8. Apesar de achar este gesto um tanto saboroso [é bom relembrar momentos ligados a objetos, cheiros e sabores], continuo achando que isso pode ser um obstáculo para se levantar caso haja uma queda no relacionamento.

    [não, não estou sendo pessimista]

    Gostei muito do seu texto, sua forma de escrita é bem clara e passa a mensagem que você quer passar. Parabéns, voltarei mais vezes =D

    ResponderExcluir
  9. Ah, eu adoro recordar.
    Mas as vezes me deixa um pouco triste, com vontade de voltar no tempo.
    De qualquer forma é sempre melhor ter o que recordar do que olhar pra trás e ver uma tela em branco.
    Que venham muitos outros meses pra vcs!
    =**

    ResponderExcluir
  10. Essa caixa tem marcas que conservam a esperança de ambos.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Ouuun Luh.! Parabéns para vocês.!
    Gostei do Quase Emo.!

    Estava com saudades daqui.

    ResponderExcluir
  12. AH QUE lindo *-* mesmo um pouco emo está ótimo :D

    ResponderExcluir
  13. Do nosso mais doce Lilás quente infinito, Vermelho-Azul: AmoR!


    Te Amo! Pequena!
    Amo!

    ResponderExcluir
  14. Olá, passei aqui pra dar a notícia de que estou voltando pro meu cantinhu e aos pouquinhus me recompondo...

    Seus textos são arrazoO!
    Adoroo cada um deles, são super intensos e mto bem escritos!

    Qnd li esse, pude verdadeiramente viajar no tempo e reviver a minha história que a uns 2 anos atras ocorreu.
    Tb tenho minha caixinha das emoções que as vezes me faz chorar e sorrir qnd revejo, relembro e revivo.
    É muito bom não é?!
    Viver é relembrar bons e maus momentos e com cada um deles tirar o que de melhor pudemos aprender!

    =)Sorte pra vc!
    Passa la no meu cantinhu tah?!
    Bjuuuus

    ResponderExcluir