Com açúcar e com afeto...

13 de agosto de 2009 //
'lonely day', por *muttleydosomething



"De todos aqueles dias seguintes, só guardei três gostos na boca -
de vodca, de lágrima e de café..."
(Caio F. Abreu)




Dois cubos de açúcar, uma xícara de café, uma poltrona ocupada e outra meio vazia. Apenas meio vazia, por que fisicamente não estava alí sentado como ela desejava, mas encontrava-se alí como uma perfeita projeção de sua mente infantil. Sua meia presença bastava para o momento. Era perfeitamente real para ser confundido com o simples vazio de uma poltrona parcialmente preenchida. Para ela, ele estava alí. Era o que importava e todo o resto eram só detalhes comuns do cotidiano.

Poderia só olhá-lo enquanto vertia o café quente para o seu interior. Completaria seu vazio com o líquido escuro na tentativa de preencher o vazio que ele ainda não ocupara dentro dela. Assim como a poltrona, ela também estava meio vazia. Um vazio translúcido. Incapaz de impedir que a luz dele lhe atravessasse e fizesse refletir um sentimento lilás que nela existia.

Naquele momento poderia fazer o que quizesse, apesar da parcialidade de tudo no local. Sua projeção era perfeita, tanto na visão quanto no amor. O tocaria, beberia-lhe em um beijo ou o colocaria completamente dentro dela se quizesse. Ela era toda açúcar e afeto. Derreteria ao sentir o suor ou a saliva. Se misturaria com ele, impossível de separar. Poderia fazer tudo e nada. Era tudo 'meio'. Completo era, apenas, o momento: doce.


- Luciana Brito -




Ps: Recebi esse selinho de duas pessoas bem legais e que possuem blogs que adoro ler, a Dica e a Maria Fernanda. Não sou muito de colocar selos no blog, assim como um monte de gente que conheço, mas, de alguma forma, agradecer às pessoas é algo que gosto em demasia. O Selo tem regras, vamos à elas:


1 - colocar o selo no seu blog;
2 - indicar 10 blogs que você adore;
3 - informar aos premiados;
4- dizer 5 coisas que você adore;

Vou indicar e quebrar uma regra (RÁ!... acontece). Não avisarei a todos, quem quiser dê uma boa lida em cada um, vale a pena. Indico não pelo selo (a maioria não usa selinhos - nem eu uso), mas por que amo muito cada momento dessas pessoas em seus respectivos blogs. Então:

Jayaaammm, do
Líricas; Sam, do Meio Bossa nova e Rock'n Roll; Guh, do Mundo Gusta; Mila, do Em cima do salto agulha; Cah, do Caminhos de Camila; Dri, do Momentos; Lipe, do Mundo de Sofisma; Pedro, do A Torre Mágica; Paulo, do Coisas do chão; Juliano, do Sorrir chorando (...)

5 coisas que adoro: Amar, sorrir, ouvir, poesias, escrever (...)


11 comentários:

  1. Esse momento, que se faz Doce...
    hoje fiz algo que não faço amor,
    bebi seu doce café,
    com calma, senti o gosto...
    esse gosto de ti...

    Te Amo,em todo momento, doce ou meio amargo!
    Amo! amo! amo! e amo!

    ResponderExcluir
  2. Outra vez, Caio: 'Que seja doce!'

    Sempre doce, Lu. Assim como tuas letras. Que o vazio seja preenchido, inteiro, com açúcar, com afeto. Doce predileto.

    Um beijo, frô.

    ResponderExcluir
  3. Doce enquanto dure. Agridoce outrora, mas basta uma delicadeza para mudar. Seja meio vazio ou meio cheio. Linda reflexão com citação buarquiana.

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. O amor transforma cada momento deixando tudo adocicado. Bjus.

    http://contesta-acao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro a variação do amargo pro doce... Só sentindo o amargo valorizamos o doce... Só o doce faz falta.
    Presente fisicamente ou não, que sua presença mental seja sempre adocicada.

    Beijocas, mamis!

    ResponderExcluir
  6. O momento era doce, mas meio completo !

    Bjoooos Luh Muito Lindo !

    ResponderExcluir
  7. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

    Ganhei um seloooooooooooooooooooooooooooooooooo teeeeeeeeeeeeeeu!

    Que beauty, cara.

    Dáumabraçonimim? (:

    Brigada, Lu. Você sabe que eu te envio ele de volta, não sabe?

    ResponderExcluir
  8. "Completo era, apenas, o momento: doce."

    Pois convido você a conhecer meu blog:
    http://docedelira.blogspot.com/

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Vodca, café e lágrimas...
    Que sejam doces!
    Vodca para comemorar! Café para curar o resultado da comemoração. E as lágrimas que sejam apenas de felicidade, para haver comemoração.

    Lindo texto, Lux!
    Oi, me avisa quando postar. Não gosto de perder seus textos!

    Rá! Obrigada pelo selo! Que bom que gosta de me ler! Isso é um tremendo elogio pra mim!

    Um beijo amadaaaa minha Lux!

    ResponderExcluir