Ontem

14 de fevereiro de 2009 //
Ontem


Ontem
O tempo passou
O dia se arrastou
e eu desejei

Um ombro amigo
Abraço de carinho
Consolo das mágoas
Encontro para as lágrimas

Senti-me
Tranquei sentimentos
Sobrevivi à noite
Contive pensamentos
Imagem: internet


- Luciana Brito -



Ps: De vez em sempre tudo aperta, o peito dói e a solidão toma conta... invade como onda.

9 comentários:

  1. Em dias assim, eu prendo o bichinho que me come por dentro num armário bem escuro e escondido. O que isso significa? Sento e choro num cantinho! rsss
    Chorar até faz bem... a mim, faz muito bem!

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  2. E em dias assim, quando a gente quer que o tempo não judie tanto, ele resolve passar mais devagar..
    Baci!

    ResponderExcluir
  3. lindo poema lu, vai juntado p publicar, eu compro! :)

    bjm

    ResponderExcluir
  4. Se puder ser um abraço e um colo virtual...
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Putz, Lu!
    Você descreveu com perfeição como tem sido meus dias .. caracas!!!!
    Sei exatamente como se sente.
    Olha.. deixei um troféu para você no meu espaço, caso se interesse é seu. beijão

    ResponderExcluir
  6. Desculpe invadir seu blog Luciana,li um comentário que vc deixou no blog da minha amiga(Nas asas da Fênix)e lá vc deixou uma pergunta,deixei a resposta pra vc lá.
    Aproveitei e conheci seu blog,bonito.
    Qdo quizer conhecer o meu blog,fica aqui o meu convite.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  7. Ah, que lindo!
    Me senti assim também ontem... e neste poema contém tudo o que meu coração pediu. =/
    Achei fofo!

    ResponderExcluir