Ajuda-me

31 de outubro de 2008 //


Ajuda-me


Olha-me nos olhos
E através deles mostra-me o amor que sentes
Abraça-me forte
Faz com que eu sinta a segurança
Que estes mesmos braços podem passar
E que preciso tanto sentir
Segue comigo
Mostra meus erros e ajuda-me a corrigi-los
Para que eu não me torne perfeita
Pega-me com força
Enxuga minhas lágrimas
Tira-me da ilusão,
Do sofrimento de ser e não viver
Ajuda-me
Por que sozinha não vou sobreviver.

- Luciana -

3 comentários:

  1. Levanta-te, o chão não é lugar para você ficar. O vazio não é lugar para morar. Abre os olhos e enxerga que não existe só vermelho dor, há também azul calma e paz.Sempre existirá uma mão para te ajudar e um abraço para te acolher, vamos levantar mocinha? :)

    ResponderExcluir
  2. Seu texto parece uma passagem recitada por mim e a mary tbm hauhauahua....aiai
    tinah q ser minha maninha msm, é de sangue isso só pode, eita DOM!!!

    ResponderExcluir
  3. E sozinho tudo parece pálido. Cinza. Invisível.
    Nada como ter alguém para olhar nos olhos. Tocar a nossa mão trêmula e apertar com toda força. É isso.

    Beijo Lú gostei muito

    ResponderExcluir