Sem palavras

2 de julho de 2008 //
Livros, livros e mais livros...

Hoje fui em uma grande livraria daqui, um espaço bem interessante, literalmente um mundo de livros a minha volta e eu compulsivamente querendo comprar todos. Oo

Acabei não comprando nenhum... haha

Já tenho uma lista enorme e um dia realizo meu sonho de ter uma biblioteca bem grande e cheia de livros de literatura, filosofia e psicologia. Já comecei \o/

Em um dos livros que vi por lá e que já está na minha lista, que é "O silêncio dos amantes", da Lya Luft, encontrei um poema que me encantou:


~ Sem palavras ~


A vida inteira busquei
explicações e deciframentos:
encontrei silêncio e segredo,
às vezes o conforto de um ombro,
outras vezes dor.

No último lapso
de um tempo sem limites
-embora a gente o queira compor
em fragmentos - ,
abriram-se as águas
e entrei onde sempre estivera.
Tudo compreendido
e absolvido,
absorta eu me tornei
luz sem sombra:
assombro.


Lya Luft, in. O silêncio dos amantes, Ed.Record, 2008. p.9

0 comentários:

Postar um comentário