O obstáculo sou eu

19 de abril de 2008 //


“...Mas existe um grande, o maior obstáculo para eu ir adiante: eu mesma. Tenho sido a maior dificuldade no meu caminho. É com enorme esforço que consigo me sobrepor a mim mesma...
Sou um monte intransponível no meu próprio caminho. Mas às vezes por uma palavra tua ou por uma palavra lida, de repente tudo se esclarece...” (Clarice Lispector)


Algumas pessoas reclamam de suas vidas e passam a vida toda reclamando e nada fazem para mudar. Alguns poucos “de bem com a vida” podem dizer que isso é comodismo, outros, já mais “por dentro” do assunto afirmam que é por fraqueza, e por aí vai.
Mas fraqueza de quê? Física? Psíquica? Ambas?
A vida não é só alegria, como muitos pensam. As pessoa traçaram a felicidade como uma meta, mas, mal sabem eles, que o que chamam felicidade, não passa de alegria. A felicidade é algo superior e que poucos realmente alcançam. Um sentimento sublime que talvez eu, em toda a minha mediocridade nunca alcance.

Viver é duro... deseja-se a morte como o fim do sofrimento, mas “viver” esperando por ela demora demais e adiantá-la é um ato insano.
Qual a solução? Ela existe?

Sobrevier nesse mundo exige maestria... e a efemeridade dos acontecimentos nos cerca. Saber aproveitá-los também é difícil. Só resta ir levando e aproveitando cada momento como se nossa morte (que não é ruim, como a maioria pensa) fosse acontecer logo em seguida ou amanhã.

0 comentários:

Postar um comentário